DestaqueSanta Maria

CIDADE. Em uma semana, foram mais de 700 denúncias contra ações anticovid em Santa Maria

Prefeitura fez 199 vistorias e expediu 26 notificações e um auto de infração

Prefeitura realizou 199 vistorias na semana para garantir cumprimento de decretos anticovid (foto Guilherme Scapin Borges/Prefeitura)

Por Diniana Rubin / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

A Prefeitura de Santa Maria atua diariamente para garantir que os estabelecimentos comerciais estão juntos com o Executivo Municipal no combate ao coronavírus. De 2 a 8 de abril, a força-tarefa regida pela Fiscalização Municipal Integrada realizou 199 vistorias junto a pessoas físicas e jurídicas. Durante as ações, os fiscais emitiram 26 notificações, e uma lancheria recebeu auto de infração e deve ser fechada por exercer atividades sem a devida e necessária licença de funcionamento. No mesmo período, o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) recebeu 302 denúncias de casos de aglomeração de pessoas e 419 denúncias de outros tipos. 

Conforme o superintendente de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde, Alexandre Streb, a maioria dos estabelecimentos está ciente dos decretos, porém, os servidores seguem com o trabalho de orientação e fiscalização.

“Os comerciantes estão cientes da necessidade de manter o distanciamento e o número reduzido de pessoas no interior dos estabelecimentos. Mas, procuramos sempre reforçar a importância dos cuidados de higiene, a utilização do álcool em gel e o uso da máscara. Ainda é preciso cumprir as regras para que, juntos, possamos evitar a disseminação da Covid-19”, lembra Streb.

Fiscalização desta sexta-feira

Durante esta sexta-feira, a fiscalização fez 14 vistorias nos seguintes locais: mercados, restaurantes, estabelecimentos comerciais, bar, farmácia, padaria e clínica veterinária. Os servidores também acompanharam o movimento do comércio na Região Central e coibiram o exercício do comércio informal. Não houve notificação por descumprimento do Decreto Estadual.

A Fiscalização Municipal Integrada é formada pelos servidores da Guarda Municipal, da Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana, da Vigilância em Saúde e da Secretaria de Estruturação e Regulação Urbana, com apoio da Brigada Militar e da Polícia Civil. 

Denúncias de descumprimento das medidas podem ser feitas à Guarda Municipal pelos números 153, (55) 99217-8122, 99167-4728 e 99167-8452 (os celulares, somente via WhatsApp). A Superintendência da Guarda Municipal enfatiza que esses números são exclusivos para o registro de denúncias.

Ações da Fiscalização Municipal Integrada

Entre 2 e 8 de abril

• Denúncias recebidas – 419

• Denúncias recebidas de casos de aglomeração de pessoas – 302

• Vistorias realizadas – 199 

• Notificações emitidas – 27

Alvos das vistorias

• Academia – 2

• Atividade esportiva – 4

• Atividade recreativa – 3

• Bar – 10

• Cafeteria – 1

• Cartório – 1

• Comércio em geral – 17

• Comércio informal – 22

• Conveniência – 4

• Distribuidoras de bebidas – 12

• Estabelecimento de ensino – 1

• Farmácia – 3

• Lancheria – 12

• Lanches rápidos – 1

• Lotérica – 1

• Minimercado – 6

• Outros – 48

• Padaria – 8

• Pizzaria – 1

• Restaurante – 16

• Supermercado – 20

• Templo religioso – 6

Notificações emitidas

• Academia – 1 (aglomeração com 11 alunos mais o professor)

• Atividade esportiva – 1 (vedado atendimento ao público em quadra de esportes e permanência de clientes)

• Atividade recreativa – 1 (aglomeração em cancha de bocha, não disponibilizar álcool em gel e não fazer o uso de máscara no local)

• Distribuidora de bebidas – 1 (aberto após as 20h)

• Lancheria – 1 (fechado por exercer atividades sem a devida e necessária licença)

• Outros – 19 (consumo de bebida alcoólica em via pública)

• Shopping – 1 (loja aberta no feriado)

• Supermercado – 1 (por não ter o controle de acesso de uma pessoa a cada 8 metros quadrados)

• Supermercado – 1 (deveria fixar cartaz com número máximo de pessoas)

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo