DestaqueSanta Maria

VÍDEO NOTA. Uma dúvida importante que enche a cabeça de Pozzobom: concorrer ou não a deputado?

Sim, há um debate no tucanato local sobre a possível candidatura do prefeito

Se você perguntar diretamente, é muito provável, para não dizer certo, que Jorge Pozzobom negará. E não estará exatamente mentindo. Sim, ele ainda tem fortes dúvidas acerca da possibilidade de interromper um mandato (até aqui exitoso) de prefeito, para uma disputa incerta (se não se eleger, não há retorno à Prefeitura) de deputado federal.

Antes mesmo de ser prefeito, o prócer tucano afirmou a esse escriba sua vontade de ir para Brasília. Sonho adiado por outro – chefiar o Executivo santa-mariense – que virou realidade. Pozzobom, porém, é um ser político e, como tal, não pretende parar sua carreira no Centro Administrativo Municipal.

Mas cancelar meio mandato para uma briga acirrada, em que há gente posta faz tempo, como os atuais deputados federais (Daniel da TV e Lucas Redecker) e o ex-deputado Nelson Marchezan Júnior, sem falar na eventual (se não concorrer à Presidência ou ao Senado) candidatura de Eduardo Leite

Palpite claudemiriano. E só palpite… Bem, aí, para saber, você terá que conferir o comentário em vídeo, abaixo!

A dúvida de Pozzobom: concorrer ou não a deputado?

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo