DestaqueEstado

COVID-19. Ministério da Saúde enviará lote de Coronavac para zerar segundas doses atrasadas

No Estado, 179.330 pessoas já poderiam ter tomado a 2ª dose da Coronavac

Conforme dados da Secretaria da Saúde, 179.330 pessoas já poderiam ter tomado a D2 da Coronavac no Estado. Foto Mauro Nascimento / Palácio Piratini / Arquivo

Por Assessoria de Comunicação / Governo do RS

O Ministério da Saúde irá enviar ao Rio Grande do Sul, nos próximos dias, remessa de 188.800 doses da Coronavac para imunizar todas as pessoas que receberam a primeira dose dessa vacina e que ainda aguardam a segunda aplicação (D2). Cálculos atualizados pela Secretaria da Saúde (SES) mostram que 179.330 pessoas já poderiam ter tomado a D2 da Coronavac no Estado.

“A pedido do ministério, informamos esse número na sexta-feira (14) e, no dia seguinte, recebemos o informe de que será enviado quantitativo suficiente para que todas as pessoas que tomaram Coronavac no Estado recebam a D2”, diz Tani Ranieri, chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

“Essa notícia representa um alívio muito grande. É um direito do cidadão completar o seu esquema vacinal e precisamos acelerar a imunização para vencermos essa pandemia”, afirma a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

No mesmo documento em que anuncia as 188.800 doses da Coronavac, o Ministério da Saúde informa que irá enviar, provavelmente no mesmo dia, mais 269.100 doses da Astrazeneca e 39.780 doses da Pfizer. A SES aguarda a confirmação da data do envio dos imunizantes.

Em relação à segunda dose da Astrazeneca, foram distribuídas doses suficientes para completar o esquema vacinal de todos os imunizados com a primeira dose desse fabricante que estariam em tempo de tomar a D2. Além disso, há estoque no RS para D2 de todos os que precisam completar o esquema vacinal até, pelo menos, a metade de julho.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo