Quiz

QUIZ. Acerte, no mínimo, 7 questões sobre a história da Viação Férrea e ganhe um brinde à la Brizola

Ao finalizar o questionário, clique em "terminar" para conferir o resultado

Por Maiquel Rosauro

Resultado

Desculpe fera, mas você não foi digno de ganhar o brinde desta edição…

#1. Por que Santa Maria, que em 1884 tinha cerca de 8 mil habitantes, tornou-se o mais importante centro ferroviário gaúcho nas décadas seguintes?

Porque possui um terreno menos acidentado que os dois centros irradiadores da proposta original (São Gabriel e Alegrete), o que diminuiria os custos e ofereceria maior facilidade no transporte de tropas e material bélico até a fronteira no caso de uma nova guerra.

Fonte: Um Século de Estradas de Ferro – Arquiteturas das ferrovias no Brasil entre 1852 e 1957. Tese de doutorado de Anna Eliza Finger, disponível em AQUI.

#2. Em 10 de abril de 1883, a Câmara e o povo santa-mariense se dirigiram ao governo Imperial solicitando que o entroncamento do projeto Ramal Sul da Viação Férrea fosse em Santa Maria e não em ...

Cacequi. À época, a comitiva recebeu resposta negativa.

Fonte: Cronologia Histórica de Santa Maria e do Extinto Município de São Martinho 1787 – 1930, de Romeu Beltrão, página 381.

#3. A inauguração solene do trecho ferroviário Margem do Taquari, atual General Câmara, a Santa Maria, em 15 de outubro de 1885, foi presidida pelo vice-presidente em exercício da Província, Dr. Miguel Rodrigues Barcelos. Conforme o memorialista Romeu Beltrão, ato foi marcado por:

Bailes, banquetes e passeatas

Fonte: Cronologia Histórica de Santa Maria e do Extinto Município de São Martinho 1787 – 1930, de Romeu Beltrão, página 389.

#4. Onde estava localizada a primeira Estação Ferroviária de Santa Maria?

Localizava-se no trecho atualmente extinto da Rua Visconde de Ferreira Pinto, a poucos metros do arroio Itaimbé, que na época corria a céu aberto.

Fonte: A primeira estação de Santa Maria (RS), de Flavio R. Cavalcanti, site Centro-Oeste.

#5. Ele doou um terreno para construção da Estação Santa Maria, mas rompeu o compromisso de doar outro terreno necessário para a abertura de uma rua ligando a Estação à cidade, desacatou uma comissão de vereadores e até provocou a queda do então presidente da Câmara, Júlio Gomes Porto. Por fim, acabou consagrado com seu nome em uma rua da cidade. Quem é este personagem?

Ernesto Beck.

Fonte: Cronologia Histórica de Santa Maria e do Extinto Município de São Martinho 1787 – 1930, de Romeu Beltrão, páginas 392 e 394.

#6. O desenvolvimento da viação férrea tornou a Avenida Rio Branco o centro do comércio santa-mariense. Porém, qual foi o primeiro nome da via?

Rua General Rafael Pinto Bandeira. O nome surgiu em 1819. Posteriormente, foi chamada de Coronel Valença, Avenida Progresso e, enfim, Avenida Rio Branco.

Fonte: A História da Avenida Rio Branco da cidade de Santa Maria: Uma narrativa através da fotografia, de Carla Saldanha da Silva. Disponível AQUI.

#7. Em junho de 1898, o governo do Estado arrenda a ferrovia Porto Alegre - Uruguaiana à Compagnie Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil. Santa Maria se torna a sede dos escritórios da empresa, que trouxe para o município funcionários de nacionalidade:

Francesa e belga

Fonte: Cronologia Histórica de Santa Maria e do Extinto Município de São Martinho 1787 – 1930, de Romeu Beltrão, página 485

#8. A chegada de ferrovia a Santa Maria provocou a criação de novos aglomerados populacionais de origem proletária. O primeiro bairro a surgir nestas condições foi:

Bairro Itararé, em 1889.

Fonte: Seguindo os trilhos do trem. A influência da ferrovia na estruturação urbana de Santa Maria/RS, por Danielle Faccin. Disponível em AQUI.

#9. Quanto tempo levava uma viagem pela ferrovia de Santa Maria a Porto Alegre?

13 horas

Fonte: O apito do trem – A trajetória da Estação Férrea em Santa Maria. Matéria do site Boca Jornalismo.

#10. Qual destes empreendimentos não foi criado pela Cooperativa de Consumo dos Empregados da Viação Férrea do Rio Grande do Sul (COOPFER)?

Riograndense Futebol Clube, fundado em 1912. A Cooperativa de Consumo dos Empregados da Viação Férrea do Rio Grande do Sul (COOPFER) surgiu em 1913.

Fonte: Fonte: Santa Maria – Cooperativa dos Empregados da Viação Férrea, disponível AQUI.

Terminar

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo