DestaqueSanta Maria

BASTIDORES. Ricardo Blattes e festa da artilharia, mais parlamentares em Brasília e Rio Vacacaí Mirim

Vereador do PT fez críticas ao evento militar de sábado com o vice Mourão

Por Maiquel Rosauro

O vereador Ricardo Blattes (PT) não poupou críticas à Festa Nacional da Artilharia, em Santa Maria, com presença do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB). O evento foi realizado sábado (12), dia em que o município chegou a 710 mortes por covid-19.

“E eu pensando que eles passavam boa parte do tempo pintando meio-fio. Que nada, não bastassem as picanhas, Heineken e leite condensado, mais um tapa na cara da sociedade. A tão falada vinda do vice-presidente Mourão para Santa Maria foi para assistir uma peça de teatro a céu aberto, com a milicada fantasiada fazendo jogral”, postou Blattes em seu perfil pessoal no Facebook.

A publicação gerou comentários de apoio e críticas ao petista. Blattes, então, fez um último comentário reafirmando sua posição contra o festejo dos militares em plena pandemia.

Brasília

Os vereadores Admar Pozzobom (PSDB), Alexandre Vargas (Republicanos) e Adelar Vargas – Bolinha (MDB) partiram para Brasília nesta segunda-feira (14). Na Capital Federal, o trio tentará buscar recursos para Santa Maria.

Na semana passada, estiveram no Congresso os vereadores Pablo Pacheco (PP), Roberta Pereira Leitão (PP) e Rudinei Rodrigues – Rudys (MDB).

Meio ambiente

Ação social do “Remada Educacional” limpou margens do Rio Vacacaí Mirim na sexta-feira, 11 (Foto Gabriel Haesbaert/Divulgação)

O projeto social, Remada Educacional, da Associação Santa-mariense de esportes náuticos(ASENA), realizou na tarde de sexta-feira (11), uma ação para limpar as margens do Rio Vacacaí Mirim, no bairro Campestre em Santa Maria. A ação é alusiva a 6ª Semana Municipal do Meio Ambiente. Participaram da ação, alunos professores e alguns voluntários.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Kuakuakuakua! Este Blattes é um pândego! Sujeito é inteligente, mas volta e meia resbala para a cartilha. Dai a ‘provocação’. Os asseclas aplaudem, alguns embrabecem e a maioria não dá a minima.
    Karl Marx escreveu que ‘Um povo sem herança é facilmente persuadido’. Churchill ‘Um dos sinais de uma grande sociedade é a diligência com que passa a cultura de geração em geração. Esta cultura é a personificação de tudo o que as pessoas dessa sociedade prezam: sua fé religiosa, seus heróis’. Logo os milicos (pejorativo na década de 70, agora duvido, existem muitos canais no Youtube com a palavra no nome) estão certos naquilo a que se propõe.
    Colegio Santa Maria e Riachuelo, direito e contabeis na UFSM (segundo o ranking melhor universidade do bairro Camobi), mochileiro em Londres, pai desembargador, cargos por conta do partido. Lembra a Manuela D’Avila, comparação que deve enaltecê-lo (é a resposta padrão, mas fica só no curriculo). Alás, passado burguês conta como ad hominem (nesta parte entra o ‘covarde’, ‘pseudonimo’, etc)?
    Resumo da ópera: os pugs latem e a milicada desfila.
    Mudando de assunto: Larry, Moe e Curly Joe breve em BSB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo