DestaqueSanta Maria

CÂMARA. Pacheco, Roberta e Rudys economizarão mais de R$ 10 mil em viagem sem diárias a Brasília

Trio de vereadores viajará na quarta-feira e ficará seis dias na Capital Federal

Pacheco: “Não temos como garantir, mas estamos indo para lutar por recursos e melhorias para a cidade” (Foto Câmara/Divulgação)

Por Maiquel Rosauro

Os vereadores Pablo Pacheco (PP), Roberta Pereira Leitão (PP) e Rudinei Rodrigues – Rudys (MDB) vão protagonizar um fato que, provavelmente, é inédito no Legislativo de Santa Maria. Na próxima semana, o trio viajará a Brasília sem fazer uso de diárias (ressarcimento de despesas pago em viagens autorizadas) e carro oficial. A economia será superior a R$ 10 mil aos cofres públicos.

O trio partirá para a Capital Federal no início da madrugada de quarta-feira (9) e retornará no dia 14. São seis dias de viagem.

O valor da diária paga para vereador, fora do Estado, tem o custo de R$ 534,00. Logo, para cada parlamentar teria que ser pago R$ 3.024, totalizando R$ 9.612,00 para o trio.

Somam-se também duas diárias que seriam pagas para o motorista que levaria e depois buscaria os parlamentares no Aeroporto, em Porto Alegre, em carro oficial. O valor da diária para servidor, em viagem à Capital, é R$ 375,00. Ou seja, R$ 750,00 para transportar os edis.

Desta forma, o trio promoverá uma economia de, no mínimo, R$ 10.362,00 entre diárias e uso de carro oficial. A viagem foi aprovada pelos demais parlamentares na sessão de terça-feira (1º).

Cada um dos vereadores levará um assessor na viagem, sem custos para a Câmara. O único gasto de verba pública será com passagens aéreas dos três parlamentares.

Pacheco entende que o salário de vereador é suficiente para cobrir os gastos da viagem. Ele também espera que a comitiva traga bons resultados ao município.

“Não temos como garantir que vamos trazer recursos, mas estamos indo para lutar por recursos, condições e melhorias para a cidade”, afirma o progressista.

Os parlamentares terão uma pauta extensa em Brasília, que inclui reuniões já agendadas no Ministério de Desenvolvimento Regional, Ministério da Economia, gabinete do senador Luis Carlos Heinze (PP) e na Superintendência do Patrimônio da União.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Cascata. Pura e simples. Turismo politico. Lembrando que o salário recebido pelos edis também é verba pública. Quando uma oficina contrata mecânico é para consertar automóveis, não para passar o tempo observando os carros na rua ou bater papo com os colegas.
    A cascata agora é o turismo político ‘economico’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo