Artigos

União para Desenvolver Santa Maria – por Giuseppe Riesgo

O articulista e a unidade das forças da cidade pela Escola de Sargentos

A democracia tem seus problemas e, obviamente, pode (e deve) ser aperfeiçoada. Logo, eu não estaria com Nelson Rodrigues que julgava a democracia como um sistema que trazia a força numérica dos idiotas. Ou mesmo, com Benjamim Franklin, que vislumbrava nesse sistema um banquete sendo decidido por dois lobos e uma ovelha sobre o que comer no jantar. Se eu fosse tentar definir, provavelmente, ficasse com Churchill: que considerava a democracia a pior forma de governo, com exceção de todas as demais.

Enfim, para além das inúmeras definições sobre o tema e os defeitos inerentes aos sistemas políticos disponíveis, dessa vez eu ressaltarei as virtudes. Isso porque, há meses, Santa Maria se uniu democraticamente no entorno de uma única pauta: a vinda da Escola de Sargentos e Armas (ESA) para nossa cidade.

O processo de escolha se encaminha para uma decisão e, por isso, nessa semana recebemos a visita do General Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira para fazer uma última vistoria em nossa cidade. O intuito era apresentar um compromisso público definitivo dos diversos agentes políticos e civis e, assim, assegurar os investimentos e a disponibilidade da infraestrutura e da logística de Santa Maria para receber esse enorme projeto aqui no centro do Estado. O general pôde perceber a união da cidade em prol do projeto e o entusiasmo dos santa-marienses em abrigar mais essa base militar por aqui.    

Contudo, o que mais me alegrou foi o clima de harmonia da cidade em torno desse projeto. As disputas políticas e econômicas ficaram de lado e Santa Maria se mostrou preparada e coesa em torno do tema. Mostramos nossa clara capacidade socioeconômica, logística e estrutural para receber a ESA e, assim, evidenciamos nossas vantagens perante Recife (PE) e Ponta Grossa (PR). Mas, acima de tudo, Santa Maria mostrou-se sinérgica e, assim, nossas virtudes afloraram. Elementos que emergiram à luz de um espírito democrático que, reitero, nos uniu.

Eu sempre tive a convicção que Santa Maria pode muito mais. Eu espero que esse movimento singular para a vinda da ESA tenha deixado um legado em prol de uma cidade democrática, livre e, ali na frente, mais desenvolvida.

A Escola de Sargentos e Armas pode ter sido um primeiro passo para Santa Maria reencontrar o rumo do crescimento e de uma maior qualidade de vida para sua gente. Contem comigo nessa caminhada rumo a uma democracia mais madura e a uma Santa Maria melhor para se viver.  

(*) Giuseppe Riesgo é deputado estadual e cumpre seu primeiro mandato pelo partido Novo. Ele escreve no Site todas as quintas-feiras.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Há que se ter cuidado com conceitos abertos. Coréia do Norte tem como nome oficial ‘Republica Popular Democratica da Coreia’.
    ESA é assunto da midia da aldeia e de uma bolha, grande maioria sabe do que se trata mas não está de modo algum ‘engajada’. Basta sair na rua e perguntar para as pessoas quais são as suas tres principais preocupações.
    O resto é discurso flácido para acalentar bovinos. ’90 milhões em ação, pra frente Brasil, salve a seleção!’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo