DestaqueEducação

EDUCAÇÃO. Sinprosm já tem nova coordenação

Posse ocorreu em evento virtual e com reafirmação de propósitos da entidade

Nova Coordenação do Sindicato dos Professores Municipais assumiu nesta segunda-feira, em ato virtual (Imagem Paulo André Dutra)

Por Paulo André Dutra / Da Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Professores Municipais (Sinprosm)

O Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria está sob nova coordenação. Em ato virtual na tarde desta segunda-feira (20), os componentes da chapa Mosaico, vencedora da eleição sindical, assumiram a gestão da entidade para o triênio 2021/2024.

Conduzida pela comissão eleitoral, formada pelas professoras Tânia Boucinha Viana, Glenir Pereira e Marisa Carvalho, a eleição foi marcada por desafios, sendo a principal deles a organização de um pleito em formato inédito para a categoria. “Procurávamos por segurança”, relatou a presidente Tânia.

O novo coordenador de Comunicação e Formação Sindical, Rafael Torres, agradeceu a confiança da categoria e a participação da chapa adversária. “Findado o processo eleitoral, não existem mais chapas ou disputas. É desta forma que encaramos o desafio para o próximo triênio: envolver a categoria de forma efetiva nas lutas que virão”. Sobre o processo, trabalhar quase que exclusivamente de forma virtual impôs inovações aos concorrentes. “Sempre fizemos isso no olho no olho, no chão da escola. Desta vez fomos obrigados a nos reinventar para envolver a categoria nesse processo. Atingimos o objetivo, mas precisamos avançar muito mais”.

Lutar é a missão da entidade, principalmente em um momento histórico de ataques a direitos e à democracia. “Direitos não são benesses, são conquistas. Representamos um segmento fundamental dentro da sociedade e nossa luta é por valorização, respeito e condições dignas de trabalho. Na pandemia, os desafios pedagógicos se acentuaram, na mesma proporção que a desigualdade e a falta de estrutura da escola pública. Professores foram levados ao limite”, destaca.

Para o futuro, a posição de defesa da democracia e do serviço público continuam sendo o norte da entidade, pontua Rafael Torres. “Jamais nos calaremos diante das tentativas de ataque aos serviços públicos e ataque à democracia. Não compactuamos com flertes à ditadura. Desde já, convocamos a categoria para que possamos fazer valer em sua totalidade a Lei do Piso Nacional, desrespeitada no município. Não descansaremos na defesa de uma escola pública de qualidade, laica, democrática e livre de intolerância”.

PARTICIPAÇÕES

O deputado estadual Valdeci Oliveira (PT), em viagem, saudou rapidamente a nova gestão e lembrou o diálogo com o Sinprosm enquanto prefeito, citando o Plano de Carreira, formulado com a participação da categoria. A professora e vereadora Luci Duartes (PDT), representando a Câmara Municipal, parabenizou a nova gestão, desejou sucesso e se colocou à disposição para a as lutas que virão. Sinpro-RS, UAC, 2º Núcleo do CPERS, CNTE e Sedufsm também se fizeram representados.

COMPOSIÇÃO

A gestão Mosaico, empossada hoje, é composta pelos seguintes professores:

Organização e Patrimônio: Juliana Moreira

Finanças: Marta Hammel

Comunicação e Formação Sindical: Rafael Torres

Professores Aposentados: Vera Simon do Monte

Educação Infantil: Deise Silva

Escolas do Campo: Lenir Keller

Suplentes: Martha Najar, Celma Pietczak, Zilá Pozzobom, Cristina Moraes, Maitê Cézar, Querti Guedes

Conselho Fiscal: Simone Martins, Adriana Schiefelbein e Silvana Peruzzolo

Conselho Fiscal – Suplentes: Luís Tadeu Fleck, Tiele Spode e Claiton Naysinger

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo