CulturaDestaque

CULTURA. Comissão Julgadora da Lei do Livro de 2021 define vencedor. Obra será lançada no próximo ano

Lei do Livro é promovida pela Câmara de Vereadores de Santa Maria há 16 anos

Reunião entre os jurados e a Presidência da Câmara, na quinta-feira (21). Foto Mateus Azevedo / Câmara

Por Karohelen Dias / Câmara

Em reunião na sala da Presidência, na quinta-feira (21), a Comissão Julgadora do Concurso Literário Lei do Livro se reuniu, acompanhado do presidente do Legislativo, vereador Coronel Vargas, para avaliar os exemplares das obras inscritas na 16º edição. As escolhidas – dentro das quatro propostas recebidas – serão publicadas em 2022.

A Lei do Livro é promovida pela Câmara de Vereadores há 16 anos. Segundo o presidente, o projeto é um presente a Santa Maria e de extrema importância ao proporcionar a publicação de diferentes histórias sobre o município. Além disso, possibilita que a população tenha acesso, de forma descentralizada, à literatura santa-mariense.

Além do Presidente da Casa Legislativa, estavam presentes os integrantes da comissão: Athos Miralha da Cunha, representante da Academia Santa-mariense de Letras; Jane Zoffoli, representante do Conselho Municipal Política Cultural Denise Reis, representante da Casa do Poeta de Santa Maria. Também participaram a Relações Públicas da Casa Legislativa, Alexandra Schimanko e a Diretora de Comunicação, Karohelen Dias.

Durante o encontro, os jurados apresentaram parecer da comissão organizadora sobre os trabalhos inscritos e, por fim, realizaram o deferimento da obra contemplada com a Lei do Livro de 2021, denominado “Fernando Neumaier: uma biografia através de fatos e imagens”, de João Rodolpho Amaral Flores e Ingrid Neumaier Miranda.

A expectativa é de que o livro seja lançado, em 2022, na Feira do Livro de Santa Maria. A premiação inclui a impressão de 1500 livros, a serem distribuídos gratuitamente à comunidade, e a entrega de 200 livros para o autor.

Ainda neste ano
O lançamento das obras premiadas em 2019 será realizado durante o mês de novembro, no Plenário do Legislativo Municipal. São elas: obra infantil, “Uma história de Santa Maria” de Denise Belitez Quaiatto e José Iran Ribeiro e poesia, “Jeito Brasil”, de Salvador Lamberty.

Em 2020, o concurso esteve suspenso em decorrência da pandemia do covid-19.

Lei do Livro
O certame é promovido pela Câmara de Vereadores de Santa Maria e tem como objetivo publicar, anualmente, no mínimo, um livro com temas regionais ligados à cultura santa-mariense, podendo ser nos gêneros conto, poesia, crônica, romance e história.

A Resolução Legislativa nº 0012/2020 – que regra a publicação de livros anualmente – atualiza as regulamentações acerca do assunto, pois a Resolução Legislativa do ano 2004 e posteriores ajustes traziam dificuldades para operacionalização do projeto.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Uma tiragem de 1500 livros não possibilita que a população tenha acesso, de forma descentralizada, à literatura santa-mariense.

    Está mais que na hora da Câmara publicar os livros em formato digital também, e disponibilizá-los em seu site institucional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo