Câmara de VereadoresDestaque

CÂMARA. Vereadores estão mais econômicos com a cota de telefonia. Confira quanto cada um gastou

Roberta Pereira Leitão é a mais econômica. Valdir Oliveira é quem mais gastou

Por Maiquel Rosauro

A cota de telefonia, fixa e móvel, ainda representa um dos principais gastos dos vereadores de Santa Maria. Porém, o valor total apresentou queda acentuada no último ano. Em 2021, os 21 parlamentares gastaram R$ 29.393,23 com telefone. O valor é 52,93% inferior aos R$ 62.450,79 (valor atualizado pela inflação) gastos em 2020.

A mais econômica entre todos os parlamentares com a cota de telefonia é a vereadora Roberta Pereira Leitão (PP). Ao longo de todo ano passado, ela gastou R$ 886,19. O mais gastador foi Valdir Oliveira (PT), R$ 2.653,22. Ou seja, o petista gastou quase o triplo que a progressista.

O que chama atenção nos dados obtidos pelo Site, via Lei de Acesso à Informação, é o fato de que os seis parlamentares que mais gastam telefone são reeleitos: Valdir Oliveira, Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), Manoel Badke – Maneco (DEM), Adelar Vargas – Bolinha (MDB), Admar Pozzobom (PSDB) e Lorena Santos (PSDB).

Por outro lado, os quatro mais econômicos estão em seu primeiro mandato: Roberta Pereira Leitão, Danclar Rossato (PSB), Givago Ribeiro (PSDB) e Tony Oliveira (PSL).

Conforme a Resolução Legislativa 7/2017, a Câmara disponibiliza a cada mandato parlamentar uma quota de telefonia móvel e fixa até o valor anual de R$ 6,6 mil (R$ 550,00 mensais), o que inclui a taxa básica do plano contratado.

Contudo, diversos vereadores desistiram de usar o celular funcional cedido pelo Parlamento e pouco utilizam o telefone fixo do gabinete, o que justifica a economia em relação a 2020.

O mês com maior gasto de telefone entre todos os gabinetes, em 2021, foi setembro, com R$ 2.860,92. O mais econômico foi janeiro, R$ 793,60.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo