DestaqueRegião

SANTIAGO. “Estamos prontos para vacinar as crianças de 5 a 11 anos”, diz secretário de saúde

Se preciso, Prefeitura poderá montar estrutura para atender nas escolas

Vacinação para crianças estará disponíveis nos próximos dias em Santiago. Foto Divulgação

Por Prefeitura de Santiago

Para a próxima semana devem chegar em Santiago as primeiras doses de vacina contra a covid-19 para serem aplicadas em crianças, na faixa de 05 a 11 anos. A estimativa do Governo do Estado é de que todos os municípios iniciem a imunização no dia 19 de janeiro. Para o secretário de Saúde de Santiago, Éldrio Machado, o município está pronto para atender essa etapa usando das ESFs e do Centro Materno Infantil, que possuem o mapeamento das crianças em cada zoneamento.

Também estará à disposição o veículo “VanCina” e se preciso pode ser montada uma estrutura para atender nas escolas, na volta às aulas. Para que cada criança receba a sua dose será necessária a presença dos pais ou responsáveis para acompanhá-la.

“Sabemos que essa é uma vacina diferente, com um terço da potência imunológica da vacina aplicada nas faixas etárias maiores. Estamos prontos para vacinar nossas crianças, assim que estiver tudo liberado”, garantiu o secretário Éldrio.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo