DestaqueSanta Maria

CIDADE. Distrito Criativo Centro-Gare foi lançado em evento que oficializou a governança da iniciativa

Cerca de 20 instituições, com a Prefeitura, zelarão pelos objetivos estratégicos

A união de todos foi simbolizada por um pergaminho entregue a cada um dos líderes das instituições (foto Alex Caceres/Prefeitura)

Por Rafael Favero / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

O Distrito Criativo Centro-Gare foi lançado oficialmente na noite nesta quarta-feira (27), em evento realizado para convidados no Theatro Treze de Maio. A ocasião reuniu representantes das cerca de 20 instituições de Santa Maria que, junto à Prefeitura, fazem, agora, parte da chamada “governança” da iniciativa.

Aos presentes, também foi apresentada a marca do Distrito Criativo Centro-Gare, desenvolvida pelo professor Roberto Gerhardt, do curso de Design da Universidade Franciscana (UFN), o site e as redes sociais do Distrito Criativo Centro-Gare (Facebook Instagram).

Foram convidados a participar da governança a Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (Adesm), a Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia (Agittec), a Associação de Hotéis, Restaurantes e Agências de Viagens (Ahturr), a Amigos da Gare, o Atelier da Gare, o Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural (Comphic), o Coletivo Memória Ativa, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Sicredi, o Sindilojas, o Theatro Treze de Maio, a UFN, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), a Associação de Moradores da Vila Belga, a Vila Belga Empreende, a Arquidiocese de Santa Maria, o Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais (Secovi) e a Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Santa Maria (Cacism). A união de todos foi simbolizada por um pergaminho entregue a cada um dos líderes.

Essas instituições e a Prefeitura de Santa Maria irão trabalhar para alcançar os objetivos estratégicos estipulados após o processo de levantamento dos desafios do Distrito Criativo, que iniciou ainda em agosto do ano passado. Desde então, foram ouvidas mais de 550 pessoas em workshops, formulários online e urnas espalhadas em estabelecimentos da região do Centro Histórico Ferroviário. 

Para o vice-prefeito Rodrigo Decimo, que recepcionou os convidados junto com o prefeito Jorge Pozzobom, o evento foi marcante porque serviu para deixar claro um aspecto essencial do Distrito Criativo: não é um projeto somente da Prefeitura, mas, sim de toda a comunidade santa-mariense. 

“O lançamento marcou o fim de um ciclo, o de levantamento dos desafios e elaboração de um plano de ação, e inicia um outro, o de implementação efetiva do Distrito Criativo. Esse projeto vai revolucionar o Centro de Santa Maria, impulsionar e transformar os arredores por meio da economia criativa, da gastronomia, do lazer, da tecnologia e da educação. Não é uma iniciativa só da Prefeitura, mas das várias instituições que farão parte da governança. Todos são muito importantes para que o Distrito Criativo realmente prospere e se torne uma realidade em Santa Maria”, afirmou Decimo. 

Artista Plástica Marília Chartune pintou, durante o evento, um quadro que reuniu os símbolos do Centro Histórico e a marca do Distrito (foto Ariéli Ziegler/Prefeitura)

Conduzido por “viajantes do tempo” interpretados pelos atores Patrícia Garcia e Ricardo Paim, o evento também contou com a participação, por meio de vídeos, da economista Ana Carla Fonseca Reis, profissional de atuação reconhecida mundialmente na área de cidades criativas e sócia da empresa Garimpo Soluções, de São Paulo. Além disso, outra presença de destaque foi da secretária adjunta de Cultura do Estado, Gabriella Meindrad, que representou a titular da pasta, Beatriz Araújo, e o governador Ranolfo Vieira Júnior

Gabriella, que é de São Vicente do Sul, cidade da Região Central, assim como Santa Maria, destacou a importância que a economia criativa já tem para o Rio Grande do Sul. Segundo ela, as atividades que têm como base o capital intelectual humano gera mais de 400 mil empregos formais e representam pelo menos 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. No seu discurso, a secretária adjunta saudou a união das instituições de Santa Maria em torno do Distrito Criativo. 

“Não podemos falar em economia criativa sem falar em inovação, mas, para termos inovação, é necessário que o patrimônio, a cultura e a arte sejam valorizados. Santa Maria nos brinda essa noite com essa valorização. Quando vejo a apresentação, percebo ainda mais a importância da união entre o poder público e a sociedade civil organizada”, disse Gabriella. 

A diretora do Museu de Arte de Santa Maria (Masm) e artista Marília Chartune pintou, enquanto o evento era realizado no palco do Theatro Treze de Maio, um quadro que reuniu os símbolos do Centro Histórico de Santa Maria e a marca do Distrito Criativo Centro-Gare. 

O QUE É O DISTRITO CRIATIVO?

Conceitualmente, são espaços urbanos criativamente transformados por pessoas que colaboram entre si em prol do desenvolvimento econômico sustentável. São áreas da cidade onde as pessoas desejam viver, trabalhar e se divertir porque ali sentem pulsar autenticidade, movimento, transformação e inspiração. Norteado por essa ideia, a Prefeitura de Santa Maria iniciou um movimento para impulsionar a economia do Centro Histórico Ferroviário. 

O território onde o projeto será implementado está compreendido na área entre a Praça Saldanha Marinho e a Gare, tendo a Avenida Rio Branco como eixo principal, englobando duas quadras para cada lado da avenida e toda a extensão do Parque Itaimbé. A intenção é criar nessa região um ambiente com atrativos para investir, morar, trabalhar, estudar e se divertir…” 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo