DestaqueSanta Maria

CIDADE. Prefeito vai à Câmara, anuncia novo valor de subsídio e projeta a tarifa do ônibus em R$ 4,50

Município vai propor incremento de R$ 6 milhões no transporte coletivo de SM

Prefeito Jorge Pozzobom, no Legislativo, anuncia novo valor de subsídio e projeta redução na passagem (foto Ariéli Ziegler/Prefeitura)

Por Rafael Favero / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

O prefeito Jorge Pozzobom anunciou que o Município irá propor o subsídio de R$ 6 milhões para o sistema de transporte público. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (12), em sessão extraordinária especial da Câmara de Vereadores. A projeção da Prefeitura é que, após a aprovação das legislações que tratam sobre o tema, o valor da passagem de ônibus seja reduzido para, aproximadamente, R$ 4,50. Os projetos de lei para viabilizar o subsídio serão protocolados nos próximos dias, em regime de urgência. 

“A pauta do transporte coletivo é uma construção coletiva com esta Casa, que tem nos ajudado muito, inclusive, por meio das emendas impositivas. Por isso, faço questão de trazer essa notícia em primeira mão aqui. Baixar o preço da passagem é uma determinação do nosso governo”, afirmou o prefeito em seu discurso.

A visita do chefe do Executivo à Câmara dentro de 90 dias após o início do período legislativo, é uma previsão da Lei Orgânica de Santa Maria. Pozzobom estava acompanhado do vice-prefeito, Rodrigo Decimo. Eles foram recebidos pelo presidente do Legislativo, Valdir Oliveira, e pelos demais vereadores.

Além do transporte coletivo, Pozzobom falou sobre outros investimentos, a exemplo das obras de unidades de saúde e creches, da construção da Perimetral Dom Ivo Lorscheiter, entre as regiões Norte e Oeste da cidade, da regularização fundiária do Bairro Nova Santa Marta, do novo contrato de operação do Restaurante Popular, do Castramóvel, dos voos entre Santa Maria e São Paulo, do projeto do Distrito Criativo Centro-Gare, da obra de reforma do Calçadão Salvador Isaia, e das obras de drenagem pluvial e pavimentação.

O discurso do prefeito também focou no trabalho em prol da saúde da população, como a vacinação contra a Covid-19, com 601 mil doses já aplicadas, a instalação da central telefônica local do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o plano do IPE Saúde para os servidores municipais e a articulação da Prefeitura junto ao Governo do Estado para a ampliação dos serviços do Hospital Regional – atendimentos de traumato-ortopedia começaram nesta semana e, a próxima área contemplada será a neurologia.

Como representantes da Prefeitura, também acompanharam a sessão, no Plenário Coronel Valença, os secretários Guilherme Rocha, de Meio Ambiente, Ticiana Fontana, de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Tiago Sanchotene, de Inovação e Tecnologia da Informação, Ramiro Guimarães, de Comunicação, Michele Antonello, de Finanças, Marco Mascarenhas, de Administração e Gestão de Pessoas, Guilherme Ribas, de Saúde, Wagner da Rosa, de Infraestrutura e Serviços Públicos, Orion Ponsi, de Mobilidade Urbana, José Antonio Gomes, de Elaboração de Projetos e Captação de Recursos, Beyloannes Orengo de Pietro Junior, de Licenciamento e Desburocratização, João Chaves, de Desenvolvimetno Social, Gilvan Ribeiro, de Esporte e Lazer, os secretários adjuntos Michel Kesseler, e Desenvolvimento Econômico e Turismo, Jair Binotto, de Desenvolvimento Rural, Wagner Bittencourt, de Habitação e Regularização Fundiária, o chefe do Gabinete do Prefeito, Alexandre Lima, o chefe de Gabinete do Vice-prefeito, Álvaro Lisbôa, o vice-presidente do Instuto de Planejamento, Eduardo Mielke, e o procurador-geral do Município, Guilherme Cortez.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo