DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Cidadania não terá nome local a deputado federal. Mas confirma dois à Assembleia

Após desistência da presidente, partido indica dois nomes ao legislativo do RS

João Vitor Machado e Daniel de Avila da Silva, os dois nomes que o Cidadania/SM apresenta à Assembleia (Fotos Reprodução)

Por Claudemir Pereira / Editor do Site

Ainda no mês de maio, a presidente local do Cidadania, Carla Kowalski, comunicou aos dirigentes estaduais da agremiação que não será mais candidata à Assembleia Legislativa.

No entanto, o partido decidiu apresentar dois nomes locais para a disputa, que é junto ao PSDB, com o qual compõe Federação já homologada pelo Tribunal Superior Eleitoral.

E quem são os pré-candidatos? Confira seus nomes e outras informações, enviadas pelo Cidadania:

João Victor Ehlers Machado

Com 23 anos, é natural de Tupanciretã. Também morou em Bagé, antes de transferir-se para Santa Maria.

Com ênfase na parte de gestão e empreendedorismo, possui formação em Administração pela UFSM e Técnico em Agropecuária pela IFSul (Bagé).

Lideou a Juventude do Cidadania em Santa Maria, atuou nos movimentos estudantis vinculados ao empreendedorismo. Foi Presidente Executivo da Federação das Empresas Juniores do RS (Fejers). Também milita no “Movimento Acredito” em busca de “renovação política”.

Daniel de Ávila da silva

Com 40 anos, casado e pai de dois filhos, é microempreendedor. Está desde 2019 filiado ao Cidadania.

Foi candidato a vereador pela primeira vez em 2018. Então estava no PSB, e fez 713 votos.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo