DestaqueSanta Maria

CIDADE. Legislativo aprova Programa IPTU Verde, que pode conceder um desconto de até 20% no tributo

Proposta precisa da sanção do prefeito Jorge Pozzobom para se tornar lei

Proposta de Pablo Pacheco contempla imóveis residenciais, não edificados (terrenos) ou comerciais (Foto Yorhan Rodrigues/Câmara)

Por Maiquel Rosauro

Os vereadores de Santa Maria aprovaram, nesta terça-feira (5), projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a instituir o Programa IPTU Verde. Trata-se de uma proposta de renúncia fiscal que beneficia o contribuinte que promove medidas de preservação do meio ambiente. O desconto no tributo municipal pode chegar a até 20%.

A proposta, de autoria do vereador Pablo Pacheco (PP), concederá 4% de desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para cada medida implementada em favor do meio ambiente, não podendo ultrapassar 20% do valor devido do tributo, em imóveis residenciais, não edificados (terrenos) ou comerciais (incluindo condomínios horizontais e verticais). Está contemplada, por exemplo, a instalação de sistema de captação da água da chuva e construções com material sustentável (confira a lista completa no fim da matéria).

“É um projeto de amplo conhecimento, que tramita desde o ano passado na Casa e que vai beneficiar todos os munícipes que tiverem essas condições em suas residências”, explicou Pacheco na defesa do projeto.

De acordo com o progressista, proposta semelhante já foi aprovada em Taubaté/SP, Salvador/BA, Guarulhos/SP, Goiânia/GO, Ipatinga/MG, Rio de Janeiro/RJ, Barretos/SP, São Paulo/SP, Camboriú/SC e Santiago.

O projeto determina que os interessados em obter o benefício devem protocolar o pedido na Prefeitura até o dia 30 de setembro do ano anterior em que desejam receber o desconto. Um dos critérios para se enquadrar no programa será estar em dia com as obrigações tributárias.

Para que a proposta se torne lei é preciso a sanção do prefeito Jorge Pozzobom (PSDB). Também caberá ao tucano decretar o regramento complementar para acesso dos munícipes ao programa.

Confira a íntegra do projeto aprovado nesta terça (5) (AQUI).

Medidas contempladas no Programa IPTU Verde:

Imóveis residenciais, não edificados (terrenos) ou comerciais (incluindo condomínios horizontais e verticais):

a) Sistema de captação da água da chuva;

b) Sistema de reuso de água;

c) Sistema de aquecimento hidráulico solar;

d) Sistema de aquecimento elétrico solar;

e) Construções com material sustentável;

f) Utilização de energia passiva;

g) Sistema de utilização de energia eólica;

h) Sistema de Energia Solar (fotovoltaica);

i) Preservação de vegetação nativa em imóveis não edificados (terrenos);

j) Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo