DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Santa-mariense Arthur Heinz está confirmado pelo PSD como candidato à Assembleia

Partido vai apoiar reeleição de Eduardo Leite e lançou Ana Amélia ao Senado

Arthur Heinz já liderou o Cidadania, em Santa Maria, e também concorreu a vereador no pleito municipal de 2020 (Foto Divulgação)

Por Maiquel Rosauro

O ex-presidente municipal do Cidadania, Arthur Heinz, concorrerá à Assembleia Legislativa pelo PSD. A decisão foi confirmada na convenção estadual da sigla, realizada na segunda-feira (1º) no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre.

Esta será a segunda vez que Heinz participa de uma eleição na função de candidato. Em 2020, concorreu à Câmara de Vereadores de Santa Maria, mas não se elegeu.

No total, o partido apresentou uma nominata com 33 nomes à Câmara dos Deputados e 56 à Assembleia Legislativa.

Na convenção, o PSD oficializou também a candidatura da jornalista Ana Amélia Lemos ao Senado. Ela já ocupou o cargo entre 2011 e 2019, pelo Progressistas.

O partido ainda confirmou apoio à candidatura do ex-governador Eduardo Leite (PSDB) à reeleição. Desta forma, a aliança em torno do tucano deverá ser formada por seis legendas: PSDB, MDB, União Brasil, Podemos, PSD e Cidadania.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo