Arquivo

Eleições 2006. Uma semana depois de Lula, chega Heloísa Helena. Então, só faltará Alckmin

Heloísa Helena Lima de Moraes Carvalho. Esse o nome completo da senadora alagoana de 44 anos que, depois de ter sido ativa militante petista, acabou expulsa da agremiação (discordou de várias ações de governo, inclusive a reforma da Previdência) e virou fundadora do Partido Socialismo e Liberdade (PSol), que lidera a “Frente de Esquerda”, pela qual HH é candidata a Presidente da República.

Com uma proposta, digamos, suavizada – mas ainda assim muito mais esquerdista do que Lula foi em 2002 – Heloísa é a terceira colocada nas pesquisas eleitorais. E, como você leu em nota anterior, talvez porque tenha ralas chances de conquistar a vitória, é a “queridinha” da grande imprensa, que tem-lhe cedido generosos e invariavelmente simpáticos espaços.

Pois é essa candidata que está nesta sexta-feira em Santa Maria, exatamente uma semana depois que aqui aportou o líder dos levantamentos de intenção de voto, exatamente o presidente Lula, que concorre à reeleição. Com o que, dos candidatos mais competitivos ao Palácio do Planalto, só falta a vinda à cidade do tucano Geraldo Alckmin – cuja visita é prometida para a próxima semana.

Sobre a visita de Heloísa Helena, seus acompanhantes do PSol gaúcho e a programação que ela vai cumprir, leia reportagem de Letícia Rodrigues, que o jornal A Razão está publicando em sua edição desta sexta-feira:

”Na rota dos principais
candidatos ao Planalto

A senadora Heloísa Helena vem a Santa Maria hoje em busca de votos para tentar chegar ao segundo turno

Santa Maria definitivamente entrou na rota dos presidenciáveis. Os três candidatos melhores colocados nas pesquisas vêm ou virão a cidade. Hoje, o 5º maior colégio eleitoral do Rio Grande do Sul, com 184,419 eleitores, recebe a visita da candidata da coligação PSOL-PSTU-PCB, a senadora Heloísa Helena, terceira colocada na sucessão presidencial de acordo com as pesquisas.

Ela deve chegar ao aeroporto por volta das 14h, vindo de Pelotas, onde faz campanha durante a manhã. Às 14h30, haverá concentração em frente à Catedral Diocesana, na Avenida Rio Branco, de onde sairá uma caminhada rumo ao Calçadão. Os candidatos a governador, Roberto Robaina (PSOL); a senadora, Vera Guasso (PSTU); e a deputado federal e estadual da coligação estarão acompanhando Heloísa Helena. A atividade deve durar até por volta das 16h30, quando Heloísa Helena vai para Porto Alegre, onde, às 18h, visita o Acampamento Farroupilha.

Na sexta-feira da semana passada, Santa Maria recebeu o primeiro candidato, que está em primeiro, segundo as pesquisas. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que tenta a reeleição, fez comício abaixo de chuva na Gare da Estação Férrea. Na próxima semana, ainda sem data definida, deve vir o candidato que está em segundo lugar nas intenções de voto, Geraldo Alckmin (PSDB).

“A importância da cidade na campanha se deve à grande concentração de funcionários públicos e estudantes”, explica o coordenador do Núcleo Estudantil Victor Jara – PSOL, Roberto Borges Lisboa. Além disso, destaca ele, a vinda de outros candidatos do partido em Santa Maria durante a campanha eleitoral, como o candidato a governador Roberto Robaina, incentivou o diretório estadual a pleitear uma data na agenda de Heloísa Helena.

E o desempenho da senadora nas urnas será decisivo para realização ou não do segundo turno. Se ela conseguir mais votos, consequentemente, eles devem sair dos candidatos mais bem colocados nas pesquisas, evitando que Lula seja reeleito ainda no primeiro turno.

Mas a intenção de Heloísa Helena não é apenas forçar o segundo turno, mas sim estar nele. Para isso, a candidata vem pedindo que cada eleitor seu consiga mais dois votos. “Aí eu encosto na majestade barbuda e vou para o segundo turno. A única capaz de derrotá-lo sou eu”, disse.

Propostas – O programa de governo de Heloísa Helena prevê um governo que impulsione os organismos de auto-organização da classe trabalhadora para refundar a idéia do socialismo com democracia e liberdade. Suas principais propostas dizem respeito à revisão dos juros da dívida externa com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e dos contratos das empresas públicas que foram privatizadas, além da imediata queda dos juros.

Outra bandeira defendida pela candidata é a reforma agrária e criação de mecanismo de…”


SE DESEJAR ler a íntegra da reportagem, pode fazê-lo acessando a página do jornal na internet, no endereço www.arazao.com.br, ou na versão impressa, nas bancas nas primeiras horas desta sexta-feira.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo