Arquivo

Olha a lista! Agora, a da Gautama. Já foi Furnas. Antes, a pasta ‘rosa’. Graúdos em pânico

Você lembra da “pasta rosa”. Era a depositária de uma relação de políticos de todos os matizes, mas sobretudo ligados ao banqueiro baiano Ângelo Calmon de Sá (que acabara de ver seu banco, o Econômico, liquidado pelo governo Fernando Henrique Cardoso), que recebiam doações.

 

Estamos falando de 1995/96. Foi um Deus nos acuda. O fato é que a tal “pasta rosa” se prestou a muitas chantagens políticas (confira a sugestão de leitura, ao final deste texto) e até um pedido de CPI das Empreiteiras (essa, du-vi-de-o-dó que vai sair algum dia), feito pelo senador gaúcho Pedro Simon.

 

Mais tarde, já neste século dourado, veio a lista “de Furnas”. Aquela que Roberto Jefferson (esse glorioso representante da honra nacional, quá-quá-quá) garante que existe. Tem 155 nomes. Inclusive o dele, que confirmou ter recebido R$ 75 mil. Nunca veio a público de forma oficial. E tem gente muito boa nela. Dizem, até, que a oposição a Lula gelou quando soube que vários dos graúdos do lado dela contavam (constam?) da relação. E aí resolveram amaciar a coisa. Algo que, também, nunca se comprovará.

 

Pois, agora, é a lista da Gautama. A gloriosa empreiteira baiana, cujo dono já está na cadeia, e que levou quase 50 “íntegros” cidadãos, inclusive um ex-governador (e quase um atual) à cadeia. Não se sabe por quanto tempo, mas a grande parte deles ainda está hoje no xilindró. E, afiança-se, muitos ainda irão ver o sol nascer quadrado.

 

A menos, claro, que a tal lista (que é apenas um eufemismo, lembrando as anteriores, de Furnas e da pasta rosa) simplesmente desapareça nos escaninhos. Minha esperança é a de você, a Polícia Federal. Parece que a situação está bem mais adiantada do que em tempos anteriores. E, agora, com apoio federal. Pois é. Vamos aguardar. Confiantes, pero no mucho.

 

SUGESTÃO DE LEITURAleia aqui a nota “Clima de pasta rosa”, da jornalista Cristiana Lôbo, comentarista da Globo News, em sua página na internet.

Vale a pena conferir, também, o artigo-reportagem “Operação Navalha e a lista de Furnas: Empreiteiras aparecem como maiores doadoras”, publicado pelo jornalista Luiz Carlos Azenha, na página Vi o mundo – o que você nunca pôde ver na TV.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo