Arquivo

Não custa lembrar. Rixa de campanha eleitoral termina na polícia. Mas ficou só nisso

Confira a seguir nota publicada na madrugada de 23 de outubro de 2006, uma segunda-feira:

 

“Rixa. E não é que a campanha eleitoral, depois da pasmaceira, acaba na polícia, em Sta Maria

 

Veja só.! No primeiro turno, com aquele batalhão de candidatos, tanto aos cargos majoritários (presidente, governador e senador) quanto proporcionais (deputados estadual e federal) a campanha eleitoral em Santa Maria foi aqueeeela pasmaceira. Quase não se percebeu, forçando um pouco a barra e a linguagem, que havia gente querendo ser uma coisa ou outra. Tamanha era a impressão de “normalidade” na busca ao voto.

Pois bem, essa lombeira toda acabou no sábado, com conflito de militantes lulistas/olivistas e alckmistas/yedistas. E em pleno calçadão Salvador Isaía, no centro da cidade. Acabou, inclusive, em registro policial – feito, claro, pelos dois lados
…”

Para ler a nota na íntegra, inclusive uma reportagem publicada naquele dia, por A Razão, com mais detalhes do forrobodó, clique aqui.

 

PASSADOS EXATAMENTE 16 MESES, ao que se sabe, sequer inquérito policial foi aberto. E, se foi, o resultado é desconhecido. Ao menos deste (nem sempre) humilde repórter. Ah, para constar, quem teria se envolvido no episódio foi, de um lado, o então presidente do PT; de outro, o dirigente da seção jovem do PSDB.

 

 

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo