Arquivo

Não custa lembrar. Racionamento d’água não se concretizou. Mas há muitos problemas

Confira a seguir parte da nota que publiquei na madrugada de 16 de junho de 2006, uma sexta-feira:

“Racionamento de água iminente em Santa Maria

Não há previsão de chuva forte. A água disponível na barragem do DNOS não excede os 70 cm. Uma solução emergencial para a dificuldade de trazer água da barragem de Val de Serra vai demorar alguns dias. Resultado: em 10 dias, quando o líquido acabar e se nada acontecer, vem o racionamento (ou qualquer nome mais bonito que se queira dar à falta de água em locais e horários alternados) em Santa Maria.

Esse é um tema que, inevitavelmente, pautará a reunião prevista para a manhã desta sexta-feira, de técnicos e dirigentes da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), em Santa Maria. E é assunto, também, de reportagem de Marilice Daronco, publicada nesta sexta, no
Diário de Santa Maria, e que…”

Para ler a íntegra da nota, inclusive parte da reportagem que lhe deu origem, acesse aqui.

 

PASSADOS EXATAMENTE DOIS ANOS, o racionamento previsto (ainda bem) não se concretizou. E até se encaminha uma solução para o abastecimento (aliás, quando é mesmo que termina a obra da adutora?). Mas persistem problemas eternos, como falta de água em locais específicos da cidade e, problema mais prosaico, a buraqueira deixada por obras da companhia.

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo