Arquivo

Caso “dantesco” (3). Dantas convocado para depor em CPI. Já deve estar atrás de um hábeas

Daniel Dantas, o mega-escroque nacional, foi convocado para depor na CPI das Escutas Telefônicas Clandestinas. Audiência garantida. Inclusive porque foram convocado também o delegado federal Protógenes Queiros e o juiz federal Fausto De Sanctis. Será em agosto.

 

Que Dantas irá, tenho poucas dúvidas. Mas uma certeza tenho: ele vai pedir um hábeas corpus no Supremo Tribunal Federal para permanecer calado. E vai obtê-lo. Alguém duvida?

 

Sobre a convocação do grã-fino que freqüentou (por menos de 48 horas, mas enfim…) o xilindró da PF em São Paulo, e também do policial e do magistrado, acompanhe reportagem de José Carlos Oliveira, da Rádio Câmara, distribuída pela Agência Câmara de Notícias. A seguir:

 

“CPI convocará Daniel Dantas, delegado e juiz para depor

 

Os desdobramentos da Operação Satiagraha da Polícia Federal (PF) provocaram a convocação de três pessoas envolvidas nas investigações para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Escutas Telefônicas Clandestinas. A CPI aprovou nesta quarta-feira requerimentos para que sejam ouvidos o banqueiro Daniel Dantas, acusado de crimes financeiros, evasão de divisas e de formação de quadrilha; o delegado Protógenes Queiroz, que comandou a operação da PF; e o juiz Fausto de Sanctis, que autorizou as prisões dos principais acusados. Os depoimentos ocorrerão em agosto.

Em princípio, os três vão depor na CPI sobre assuntos ligados a grampos telefônicos. Porém, o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR) (
na foto de Luiz Alves, da Agência Câmara de Notícias) disse que a oposição vai abordar temas relacionados à Operação Satiagraha. “A partir desse depoimento, seguramente queremos expor com clareza o que está em jogo nessa investigação: além das escutas, se os fatos apurados comprovam denúncias formuladas na CPMI dos Correios com relação a financiamento ilegal de partidos da base do governo e se os fatos apurados comprovam abuso de autoridade e tráfico de influência”, ressaltou.

Delegados afastados
Também nesta quarta-feira, o deputado Chico Alencar (Psol-RJ) apresentou requerimento de informações para o Ministério da Justiça sobre os motivos do afastamento dos delegados da Polícia Federal responsáveis pela Operação Satiagraha – além de Protógenes Queiroz, saíram da investigação Karina Murakami Souza e Carlos Eduardo Pelegrini Magro. “Não dá para entender essa substituição. Parece-nos que os prejuízos à investigação serão grandes. As explicações foram insuficientes. O cheiro de pressão política para proteger certos personagens é grande”, destacou…”

 

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui a íntegra da reportagem “CPI convocará Daniel Dantas, delegado e juiz para depor”, de José Carlos Oliveira, da Rádio Câmara, distribuída pela Agência Câmara de Notícias.

.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo