Arquivo

Assembléia.Escuta ilegal, destaque na sessão que deu a Santiago o título de Cidade dos Poetas

Ainda a repercussão em torno da manutenção do veto da governadora Yeda Crusius ao projeto que anistiava servidores grevistas. Esse foi um dos temas que mereceram debate na sessão desta terça-feira da Assembléia Legislativa. Mas não foi o único: as denúncias do ex-ouvidor da Segurança Pública, Adão Paiani, sobre escutas ilegais que teriam sido praticadas no Estado acabaram ecoando na tribuna do parlamento.

 

No que toca à votação de projetos, porém, um em especial interessa ao centro gaúcho: por unanimidade, os deputados aprovaram proposta do pedetista Adroaldo Loureiro (foto), que declara Santiago a Terra dos Poetas. Agora, falta apenas a sanção da governadora. Os detalhes sobre a sessão você encontra na reportagem distribuída pela Agência de Notícias do Legislativo. O texto é de Vanessa Canciam, a foto de Marcos Eifler. A seguir:

 

“Assembléia aprova contratos emergenciais para o setor de portos e hidrovias

 

Na sessão plenária desta terça-feira (17), a Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade (43 votos), o projeto de lei (PL) 20/2009, de autoria do Poder Executivo, que prorroga, por mais um ano, 75 contratos emergenciais autorizados pela Lei 12.795, de 15 de outubro de 2007, para a Superintendência de Portos e Hidrovias. Outras cinco matérias também obtiveram aprovação parlamentar. Estiveram em debate na tribuna temas como as denúncias feitas pelo ex-ouvidor de Segurança Pública do Estado Adão Paiani e a aprovação do Veto Parcial ao PL 285/2008, abonando faltas de funcionários públicos durante a greve do ano passado.

Ordem do Dia

Segundo a justificativa ao PL 20/2009, a prorrogação dos contratos para a Superintendência de Portos e Hidrovias se deve à necessidade de manutenção do efetivo até a realização de concurso público para tais categorias. De acordo com a matéria, o concurso já está autorizado pelo governo do Estado.

Abaixo, as demais proposições apreciadas:

– Aprovado por unanimidade (47 votos), o PL 80/2006, do Judiciário, que cria, no Quadro de Cargos em Comissão e Funções Gratificadas dos Serviços Auxiliares do Tribunal de Justiça do Estado, para lotação junto à Secretaria do Tribunal de Justiça, um cargo de Encarregado de Copa e uma função gratificada de Encarregado da Equipe de Oficiais de Justiça;

– Aprovado por unanimidade (47 votos), o PL 62/2008, do Judiciário, que altera para Oficiais de Justiça da Infância e da Juventude a denominação dos cargos de Oficiais de Proteção da Infância e da Juventude;

– Aprovado por unanimidade (47 votos), o PL 90/2008, do deputado Adroaldo Loureiro (PDT), que declara a cidade de Santiago como a “Terra dos Poetas”;…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui, desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela Agência de Notícias da Assembléia Legislativa.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo