Arquivo

Coluna Observatório. “E bateu o ciúme no Centro Administrativo Municipal. De quem, mesmo?!”

A seção “Luneta”

 

 

Não é apenas a definição dos nomes dos subprefeitos a tarefa importante que aguarda Cezar Schirmer, no seu retorno do périplo pelo oriente.

 

Terá que, por exemplo, enviar à Câmara os projetos de lei com a formatação (inclusive dos administradores – e seus salários ) das Fundações de Meio Ambiente e Assistência Social.

 

Com isso, ganha um tempinho para definir os nomes dos presidentes. Que terão, conforme o desejo de Schirmer, que combinar competências técnica e política.

 

Os aliados estão de olho grande pra cima das duas últimas grandes vagas que restam no primeiro escalão da administração municipal.

 

Não foram poucos, na Prefeitura, a ficar brabos com a correta reportagem publicada quarta-feira por A Razão – detalhando as funções do “super-chefe” de Gabinete Giovani Manica.

 

O Centro Administrativo e adjacências estremeceram. Um tanto de ciúme, outro de inveja e muito de incredulidade. Tudo isso junto foi uma mistura explosiva.

 

Se ouviram dentes rangendo do sétimo andar ao térreo, passando por alguns importantes gabinetes nas proximidades do local onde Cezar Schirmer dá expediente.

 

Gostem ou não, tenham os nomes que tiverem as secretarias, agora e sempre, seja neste ou em governos anteriores, são dois os setores mais sensíveis à crítica, inclusive dos aliados.

 

No presente, os secretários de Obras, Haroldo Pouey, e de Mobilidade Urbana, Sérgio Medeiros, são os mais lembrados na hora de se dizer desaforos. Inclusive da tribuna da Câmara, como se viu na semana passada.

 

E, o que é mais grave, são os menos culpados. Ou alguém acha que as ruas esburacadas há décadas e o trânsito sem rumo, poderiam ter uma solução rápida?

 

Isso só pode existir na cabeça de quem tem interesse puramente eleitoral. Que prometeu o que não poderia cumprir e, agora, joga a culpa inclusive nos parceiros.

 

O filme não é novo. Já derrubou muita gente boa, nos governos passado, retrasado e antepassado. O prefeito tem que ser muito corajoso para segurar a onda de seus secretários, se acredita neles.

 

Você também pode encontrar este colunista diariamente às 7h30, e ao meio dia, na rádio Antena 1; e a qualquer momento no site www.claudemirpereira.com.br.

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo