História

GETÚLIO, 55 ANOS DEPOIS. O legado de Vargas, pelo jornalista Vicente Paulo Bisogno

Vicente Paulo Bisogno

“Qualquer pesquisa histórica confirma que GETÚLIO VARGAS foi um presidente que marcou seu(s) governo(s) pela coragem, realizações, superação de dificuldades e enfrentamento de opositores internos e externos, declarados ou ocultos: “se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida”

Seu nacionalismo foi materializado em grandes investimentos, tanto no campo social quanto econômico: criação da Justiça do Trabalho, instituição do salário mínimo, Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), carteira profissional, semana de trabalho de 48 horas, férias remuneradas, Companhia Siderúrgica Nacional, Vale do Rio Doce, Hidrelétrica do Vale de São Francisco e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) são alguns exemplos.

Comandou a campanha do “petróleo é nosso”, que resultou na criação da PETROBRÁS, e muitas outras ações que demarcaram com muita clareza suas idéias, seus ideais e que marcaram (e ainda  marcam) sua passagem pelo cenário político nacional. De tudo que fez, e do imenso legado que deixou, o que ainda hoje, passados 55 anos, mais me desperta inquietações  e ao mesmo tempo me fascina, é o documento que produziu instantes antes de “sair da vida para entrar na história”.

A “Carta Testamento” é de uma força tão incrível, que é impossível ficar indiferente ao seu conteúdo. O tiro no peito é o fato histórico, a “Carta”,  é o instrumento que revela,  escancara e denuncia um contexto que cercava e tentava contaminar um projeto que batia de frente contra “interésses” (como diria o Dr. Brizola) muito fortes, dentro e fora do Brasil: “mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam; e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, para que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes”.

Enquanto o lucro das empresas estrangeiras chegava até 500% ao  ano, enquanto se comprovavam fraudes de mais de 100 milhões de dólares (os números também estão na “Carta”), todos os avanços no campo social e econômico eram obstaculizados até sua inviabilização  total. “Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo”…”Eu vos dei minha vida. Agora vos ofereço minha morte”…”Saio da vida para entrar na história”.

O legado de Vargas vai muito além das conquistas sociais, econômicas e das classes trabalhadoras. Ele é um alerta e um compromisso que se renova à cada dia, na defesa dos principais valores de uma nação. ”

 

ATENÇÃO: você também pode publicar o que pensa sobre Getúlio Vargas. Publicarei todos os textos que tenham mínima qualidade. Apaixonados ou não. São bem-vindos. Manda teu texto  para um dos seguintes endereços eletrônicos: cpereir@terra.com.br ou cpereira@via-rs.net.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo