PrefeituraSanta MariaSaúde

PRESTA ATENÇÃO. Ulpio Nerva e a Torre de Saúde da Babilônia do coração do Rio Grande

O Google ajudou, reconheço. A Wikipédia também. Aliás, responderam ambos às minhas indagações. Mas o fato é que foi lá que descobri a existência de um tal imperador César Marco Ulpio Nerva. Que, porém, antes fora Marco Úlpio Trajano. De todo modo, suponho que vem daí o pseudônimo escolhido por um colaborador deste sítio que, mais uma vez, sob a alcunha Ulpio Nerva, envia interessante colaboração. De que, com toda a certeza (embora o editor não o conheça pessoalmente), sabe muito sobre as questões da saúde da cidade. Digo, da gestão da saúde pública santa-mariense.

Estará ele correto em suas avaliações? Talvez. Ou não. De qualquer forma, ainda que desta vez tenha escrito com muitas metáforas e figuras, dá para entender – ainda que, reconheço, em alguns momentos requer certo esforço e mínimo conhecimento das coisas da saúde da boca do monte. Tente você também. Ah, mas não desista. Vai até o fim. Garanto que vale a pena – ah, o juízo de mérito seja integralmente seu. Confira:

Babel, Devaneios & Boné

Na Babilônia do coração do Rio Grande, acolhedora e construtora de muitas edificações, constroi também a sua Torre de Saúde, mas, nela, onde estão o “Mestre de Obras”, o Pedreiro Chefe,  o Chefe de Planejamento e o Chefe da Carpintaria? Ora, nesta construção da Torre SMS  só tem Engenheiro Chefe. Quando ele está, todos falam o mesmo Idioma e a Obra anda  do jeito que ele manda. Quando ele sai, Adeptos, e poucos Servidores existentes (Bons Servidores) e algumas Amebas (parasitas que infectam os intestinos do Poder)  falam  cada um a  sua língua e o Povo ouve  sem  entender.  Procuram  sem encontrar !!

Tal qual Babel…

O Primeiro andar da Torre que é a base (e a porta de entrada) da Obra, é o seu maior segmento (Atenção Básica) com trinta e nove (39) apartamentos tipos  UBS e PSF’s  (dizem que quem é o Chefe deste Andar é Selenum, oficialmente não foi apresentado ao Povo, muito menos aos Obreiros, mas Selenum apresenta-se e manda, nas galerias da construção muitos Obreiros de Carreira não gostam e confabulam, …Que Coisa….!!! Este Chefe   também é de Carreira, mas afinal, Quem é ? E o que faz, dizem…

No Segundo andar da Torre (Atenção Secundária) grandes mudanças, CEDAS, Policlínica do Rosário, CEDEC (Centro de Diagnóstico José Erasmo Crossetti) um pouco em cada apartamento do Andar …

E o Povo que vem do Primeiro andar, vai de apartamento em apartamento. Mas onde hoje é o Rosário,   o Povo vê e lê na placa indicativa  CEDAS…, ficando confuso…. neste local é informado que os Obreiros (Especialistas)  da Obra, foram para outro apartamento na Floriano  e que agora é CEDEC antiga Secretaria da Saúde,  mas lá não tem Placas indicativas, ora este novo local é vizinho da Casa dos Mortos, fácil de encontrar!

Bem, quando o Povo encontra o novo local diz estar sendo bem acolhido, como era no Antigo Apartamento dos Obreiros Especialistas, porque aqui no CEDEC, todos falam a mesma língua e o Povo entra e sai contente

A exceção é da “CAVERNA”  (Tísica e Lepra) onde atua um denunciado como  “Troglodita” , que se diz “Curandeiro” Proprietário!!

Outro dia atendeu uma “Velha” do Povo Cadeirante, conduzida por um Maneta.  Tão estranho era o idioma que usou para atendê-los, que  a velha cadeirante e o maneta foram chorar  ao Chefe dos Obreiros do CEDEC. Este chamou um Obreiro Escriba e oficiou a denúncia ao Engenheiro Chefe da Torre SMS, que  diz…..

“ Se açoitar o Curandeiro para que ele fale o idioma que o Povo merece, ele poderá ir embora e, o Povo fica sem  o Curandeiro Troglodita”

Que coisa!!!!

Nesta Torre tem um andar de Vigilância,  que cuida dos agravos, prevenindo doenças com dados Epidemiológicos, fiscaliza, vigia e cobra tributos tantos que são suficientes para sozinhos pagar seus Obreiros,  e poderiam arrecadar muito mais, o que ajudaria na construção da Torre, mas seguidamente estão sem as ferramentas para cobrarem os tributos e no momento não possuem Obreiros suficientes para cumprir tais tarefas, os poucos Obreiros sobrecarregados não conseguem mais puxar sacos!!!  E quando levam seus pedidos diretamente ao Engenheiro Chefe, são ouvidos, mas não entendidos. Ah!, é Babel, cada um fala uma língua.

SIA/SUS – DOC ????

Esta é a sala do segundo Andar onde transitam docs. e papiros, que para uns não passam de simples hieroglifos e/ou alfarrábios, mas são Ref. , Contra-Ref. ,  Requisições e  FAA’s que bem administradas, podem retornar à Babilônia em forma de:  “Potes de Ouro” para serem reaplicados na construção da Torre, isto afirmam os  especialistas que criaram o Sistema de Controle da Sala…. Ah, que ótimo!!! CésarDonossor tomou conhecimento e vai chamar o obreiro autor para usar esta ferramenta!!!

Essa Torre que vinha sendo conduzida há pouco tempo por outro Engenheiro Chefe, ou melhor, por outros Engenheiro Chefes, foram sete ou oito, naquele período de construção, conseguiram ao longo do tempo, aprender a falar a mesma Língua  e inauguraram  novos andares na Torre, não estabelecendo  melhores relações com o estado vizinho  porque o idioma era diferente (Esfera de Governo de Ideologias diferentes) mas pactuaram algumas situações  relevantes  e avançaram. Também tinham grandes dificuldades, notadamente no primeiro  e terceiro andar da Torre SMS, e a comunicação era difícil, mas existia!

Também esta Equipe de Engenheiros construíu o apêndice  CEO (Centro de Especialidades Odontológicos), com ótimas instalações e Obreiros de Carreira – Especialistas, só que totalmente longe da Torre Mãe, mal localizado ou  mal planejado. Agora o atual Engenheiro Chefe   com o apoio do Conselho de Cidadãos  do Povo  e dizem com orientação da Chefia do Primeiro Andar  determinou o desmonte do CEO  e vão remontá-lo no CEDEC.

Que ótimo, o CEDEC está no centro da Torre e todo o Povo terá acesso fácil a ele, só que os Pedreiros ainda  não concluíram o local, e os Obreiros  Especialistas deste CEO, foram  enviados para outras salas do Primeiro Andar  da Torre, o Povo procura o CEO, mas não o vê.

Deve ser porque não existe o Chefe de Planejamento, há e o Conselho de Cidadãos que até dizem, aprovou tais modificações nas obras da Torre,  outro dia foi ao Edifício da Administração Central manifestar-se, brigar e cobrar do Engenheiro Chefe, mais ações e atendimentos na Torre, rapidez na construção. Mas  e o livro chamado de Plano de Construção da Torre SMS ou P.M. de Saúde ?  Aprovado antigamente, existe  mas deve estar escrito em idioma  diferente ou desconhecido.         

Parte do Povo liderada por um estrangeiro do Maranhão, também foi ao Engenheiro Chefe, mas lá as diferenças de idioma foram tantas que  a linguagem que fez com que se entendessem, foi a dos sinais, através de  pontapés, tapas e beijos, que coisa!!! Tal linguagem parece ter sido usada nestes dias por dois Fiscais do Povo, pasmem, na própria Casa do Povo.  Bem, felizmente é tempo de Festa da  Independência,  e o Povo assistirá o desfile com música e marchando!!

Quem sabe isso motive o Engenheiro Chefe (Maestro) a compor também a sua Banda com os componentes que faltam para que  todas se entendam e a Torre se torne firme e acolhedora.

Ah! Já tinha um Regente, Diretor Geral de nome estrangeiro, que se retirou, deixou saudades, era competente, mas não era surdo e não gostava de gritos!

Existem muitos do Povo , dos Obreiros e até Fiscais do Povo que agora querem para Mestre de Obras o Ex.- Chefe dos Obreiros  Especialistas do Segundo Andar e atual feitor do CEDEC, chamado assim por alguém !!!  Outros falam ser  Técnico seguro, Punho forte  e Mão Amiga, premiado na função pelo Povo da UAC,  mas não o chama.

Por que será?  Vai pedir o Boné para entregar-se ao Povo, no próximo pleito?? Que coisa!!

Finalmente o Terceiro.

O Terceiro Andar, este promete!! Mas quem vigia e vela sobre este  é CésarDonossor, Rei da Babilônia, que em negociações com  OsmarAssírio da  Terra da Rosa Santa  onde  construiu Torre famosa e sólida na Saúde, e vai agora contratualizar com religiosas conhecidas pela competência, conhecimento e ética, para nesse andar construir uma Casa de Saúde completa!!!

Para a Alegria de todo o Povo da Babilônia do Coração do Rio Grande.

(a) Ulpio Nerva – 2009 DC

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Acho que já nos conhecemos, caro Ulpio. Concluo isso pelo conhecimento que demonstra do assunto e pela debochada ironia que usa com muita propriedade.
    Realmente, a coisa virou a casa da mão Joana; quem poderia esperar outra coisa dessa “turminha”.
    Uma sugestão, se me permite: escreva sobre o Departamento de Concursos e Seleções da Prefeitura, ao que parece comandado por 2 insígnes e honestíssimos candidatos a nos representarem nos parlamentos.
    Siga em frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo