AssembleiaEstado

ASSEMBLÉIA. Comissão de Finanças debate execução do Orçamento do Estado deste ano

Marchezan Jr: em análise, também, o comportamento da receita no 2° semestre
Marchezan Jr: em análise, também, o comportamento da receita no 2° semestre

Ao mesmo tempo em que a Assembléia Legislativa se prepara para discutir o Orçamento do Estado para o próximo ano (aliás, especial, por ser de eleições gerais), a Comissão de Finanças do parlamento gaúcho, presidida pelo tucano Nelson Marchezan Jr trata de discutir a execução do orçamento deeeeste ano. O que, cá entre nós, é importante. Inclusive para saber a quantas anda o uso dos recursos disponíveis, afora as despesas previstas.

Para saber mais do encontro marcado para quinta, e quem dele está convidado a participar, entre outros detalhes, acompanhe material produzido e distribuído pela assessoria do parlamentar. O texto é da jornalista Carla Seabra, com foto de Marcelo Bertani, da Agência de Notícias do legislativo gaúcho. A seguir:

Audiência pública para demonstração da execução orçamentária

Prossegue na próxima quinta-feira (29), a série de encontros bimestrais agendados pela Comissão de Finanças da Assembléia Legislativa, para a discussão do andamento da execução orçamentária de 2009. Para esta quarta audiência pública foram convidados novamente a participar da exposição todos Poderes e Órgãos autônomos do Estado. Participam da audiência, os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública e o Tribunal de Contas do Estado.

Segundo o presidente da comissão, o deputado Nelson Marchezan Júnior (PSDB), o encontro servirá para avaliar o comportamento da receita no segundo semestre, e as perspectivas para as metas previstas de investimento no Estado. A audiência pública acontecerá dia 29 de outubro, iniciando às 9h30min, na Sala Maurício Cardoso, 4º andar da Assembléia Legislativa.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo