EducaçãoUFSM

AUTO-AVALIAÇÃO. UFSM vai se dizer o que supõe que é. Creia, só parece complicado

Todos os que nela convivem, e até os que dela já saíram, poderão participar
Todos os que nela convivem, e até os que dela já saíram, poderão participar

O repórter, além de (nem sempre) humilde, agora pretendeu ser criativo. Talvez não tenha conseguido. De todo modo, o que o título desta nota pretendeu dizer é que a Universidade Federal de Santa Maria começa, depois do feriadão, por um período de duas semanas, um processo de auto-avaliação.

Isso é até bastante comum em organizações privadas, e por isso saúdo que aconteça na instituição federal, aliás, por inspiração e decisão do Ministério da Educação. Saiba mais sobre isso, no material produzido pela Coordenadoria de Comunicação da UFSM:

UFSM vai passar por auto-avaliação institucional a partir desta terça-feira

Desta terça-feira (03/11) até o dia 16 de novembro, todos os professores, alunos, servidores técnico-administrativos, egressos e ocupantes de cargos de chefia vão participar da auto-avaliação institucional da UFSM. Estas cinco categorias vão ajudar a universidade a se avaliar por meio de um questionário que estará disponível no link

“Avaliação Institucional”, localizado na parte superior direita do site da UFSM (www.ufsm.br), ou diretamente na página da Comissão Própria de Avaliação (CPA) – www.ufsm.br/cpa.

Esta será a segunda avaliação desse tipo feita pela UFSM dentro do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que foi criado em 2004 pelo Ministério da Educação (MEC). A primeira ocorreu no ano passado.

Os integrantes das cinco categorias que fazem parte da avaliação (docentes, discentes, servidores, egressos e ocupantes de cargos de chefia) vão responder a questionários de tamanhos variados. Para isso, cada um precisa apenas informar o seu respectivo número de matrícula.

A avaliação institucional é uma das três partes básicas de que é composto o Sinaes. As outras duas são o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e a Avaliação dos Cursos de Graduação (ACG)…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas pela Coordenadoria de Comunicação Social da UFSM.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. As avaliações são importantes e necessárias para termos indicativos capazes de apontar necessidades e falhas. O governo federal está trabalhando para uma profissionalização do serviço público e dos servidores.
    Existe uma outra ferramenta que compõem o programa chamado GESPUBLICA.
    O Estado brasileiro está criando espaços de discussão e avaliação rumo a excelência. O metódo utilizado é parecido com o PGQP da iniciativa privada, difere na linguagem apenas. Nossa UFSM já fez adesão desde o inicio, ao PGQP.
    Faço parte do núcleo estadual do GESPUBLICA e estamos propondo dentro da UFSM uma discussão no sentido de avançarmos com compromisso a excelência, igual ao que já faz alguns quartéis e outras Instituições públicas.
    Tudo isso tem uma direção: que possa a sociedade ter um serviço público capaz de atender as necessidades do cidadão.
    O processo de avaliação é importante, mas também é bom avaliação externa, dos usuários do serviço público.
    Precisamos avançar muito ainda, mas já temos um bom inicio com o SINAES do M.E.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo