BOA MEDIDA. Congresso trata de tentar prevenir falcatruas na Copa e na Olimpíada

BOA MEDIDA. Congresso trata de tentar prevenir falcatruas na Copa e na Olimpíada - Renato-Casagrande

Renato Casagrande: objetivo é criar mecanismos de controle

Não é garantia alguma de que tudo sairá como deve. Mas que não se diga estar o Congresso omisso. A idéia é propor uma fiscalização antecipada de gastos que venham a ser feitos, com dinheiro público, para obras e serviços relativos a dois supereventos sediados no Brasil. Um a Copa do Mundo de futebol de 2014; outro a Olimpíada no Rio de Janeiro, em 2016.

A proposta nesse sentido já tem até data para ser protocolada no Senado. Será na próxima quarta-feira, como informa o presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, o capixaba Renato Casagrande, do PSB. Mais detalhes você encontra em material publicado no sítio especializado Congresso em Foco. O texto é de Thomaz Pires, com foto de José Cruz, da Agência Brasil. A seguir:

Congresso antecipa controle de gastos com a Copa

…As comissões de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara e do Senado vão se antecipar no acompanhamento dos gastos públicos com a Copa de 2014. Antes mesmo de receberem do governo o cronograma de obras ou mesmo a previsão orçamentária das despesas que a União terá com o evento, que será sediado no Brasil, deputados e senadores decidiram apresentar na próxima semana um projeto de lei estabelecendo as normas de controle dos trabalhos que serão realizados.

O projeto fixará as regras de acompanhamento financeiro de todos os gastos que o governo terá com a Copa. A fiscalização terá a participação do Tribunal de Contas da União (TCU), que colaborou com sugestões para a elaboração do projeto, e dos tribunais de contas estaduais e municipais. A iniciativa será protocolada simultaneamente na Câmara e Senado com o mesmo texto, de modo a apressar a tramitação nas duas Casas.

Entre as ações, o projeto prevê o desenvolvimento de um “portal da transparência”, no qual será detalhada a evolução dos gastos públicos e privados nos estados que vão sediar os jogos.  A ideia tem como motivação o descontrole orçamentário ocorrido durante os Jogos Panamericanos realizados no Rio de Janeiro em 2007. Os organizadores do Pan estimavam gastar R$ 400 milhões, mas as despesas ficaram próximas de R$ 3,5 bilhões…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens publicadas pelo sítio especializado Congresso em Foco.

 



3 comentários

  1. Ricardo Bieri

    Bom; sobre este assunto (especialmente sobre a Olimpiada em 2016 no Rio) já tinha postado aqui o meu comentário e a minha manifestação contrária deste típo de evento na capital fluminense; pois antes de trazer benefícios, trará sim muitos dissabores; mas, enfim; como o povinho carioca (e por extensão o brasileiro) é mesmo um povo que não têm o mínimo de RESPEITO pelos outros; o que dirá de sí mesmo. Tenho amigos e conhecidos no Rio;…lamento dizer;…mas quero que “SE DANEM”,…”PAGUEM O PREÇO” (e o “ALTO PREÇO”) que vcs mereçem por esta “falsa aventura mirabolante” em uma “noite-de-verão”;…o Rio já tá uma “M”, com falta de segurança (até dentro de casa e dos apartamentos, o carioca já tem que rezar para não ser assaltado), a Saúde Pública está uma desgraçera lamentável

  2. Ricardo Bieri

    O Sistema de Transporte Público Carioca está um Caos total (assistiram nas tv`s e nos jornais o problema da superlotação dos Mêtros e dos incêndios em Ônibus patrocinados pelos bandidos e chefões do Tráfico, das Favelas cariocas?), sem falar nos engarrafamentos e da poluição causadas pelos gases poluentes. Mas enfim; o carioca é (e se acha) “malandro” e acredita que a Olimpíada resolverá todos seus problemas! Não resolverá,…e ainda criará outros novos,…pois passada a “grande festa” ficaram largados os grandes “Elefantes Brancos”, que como a exemplo do Pan-2007 (e que iriam aproveitar as estruturas para práticas esportivas pós-Pan) serviram única e exclusivamente para “depósito e criadouro” de “dengue” e “malária”. Pobre povo que não RESPEITA a SI PRÓPRIO,…QUEM VIVER VERÁ!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *