Sem categoria

PARA LUA NOVA E CLAUDINHA. Por que não posso publicar (como estão) os comentários das duas internautas

Simples: crítica ao fato e até ao sujeito público (desde que não de forma pessoal) é sempre bem vinda. Mas não posso admitir que, a pretexto de criticar alguém, o desqualifique. Isso vale para as minhas amigas Lua Nova-Juliana e Claudinha – que é como ambas assinam.

E, atenção, esse recado é destinado a todos os que por aqui têm aparecido, para minha imensa satisfação. O debate é fundamental. Mas não pode ser substituído pelo ataque pessoal. Isso serve, para exemplificar, também ao campeão de comentários vetados, o meu amigo (embora não o conheça) Tiago. E que, por sinal, pensa exatamente o oposto da Juliana e da Claudinha, e nem por isso escapou, vááárias vezes, da tesoura.

PS. Também quero crer que Juliana e Claudinha sejam minhas amigas. Tanto quanto os demais leitores deste (nem sempre) humilde sítio.

PS 2. Para quem não sabe, este repórter envia SEMPRE um e-mail ao autor do comentário que corre o risco de veto. É convidado a fazer as modificações de forma (NUNCA DE CONTEÚDO, exceto se firam o espírito democrático do sítio). Foi o caso dos três aqui citados. Ninguém é obrigado a concordar, mas quando ocorre, o texto é imediatamente liberado.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Claudemir; Explicou, e a questão foi respondida e compreendida. É que eu (assim como acredito que muitos internautas) fiquei (ficamos) curioso (s). Valeu, abraço!

  2. Claudemir, será que podemos saber o conteúdo dos comentários da “Lua Nova” e da Claudinha? Confesso que fiquei curioso (e acredito que os outros internautas também), rsrs.(NOTA DO EDITOR: ambas feriram uma regra pétrea do sítio. Quero crer que foi apenas entusiasmo. Mas expliquei na nota: você pode criticar um fato e até um sujeito. Mas não pode, para defender um ponto de vista eventualmente correto, desqualificar a pessoa – por mais que ela possa ser passível a isso. Aqui, Bieri, NÃO JULGO ninguém. E você, ou qualquer outro internauta, pode procurar em qualquer canto de qualquer nota e não lerá um só termo que signifique dizer que A, B, C ou Z é sem-vergonha, sacana, bandido ou o que for. E ambas, a pretexto de defender uma posição, desqualificaram o autor. Isso eu não admito, nem admitirei. As duas receberam correspondência minha pedindo que mantivessem a crítica ao fato, mas retirassem as observações à pessoa. Se fizerem isso, publico o comentário. Do contrário, nada feito. Você mesmo, salvo engano, já se equivocou em alguns termos e conversei contigo, por e-mail, e negociamos. É assim que funciona. Espero ter explicado e respondido à tua questão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo