Eleições 2010Partidos

PRÉVIAS, O FIASCO. Adesão minúscula enterra proposta e PSDB caminha para o acordo

Fiasco indica que terá que haver um acordo entre os dois. Aí, prevalece Serra, que não queria prévias
Fiasco indica que terá que haver um acordo entre os dois. Aí, prevalece Serra, que não queria prévias

Aécio Neves insiste, faz muitos meses, que o candidato do PSDB à Presidência da República deve ser retirado de uma prévia. Dela participariam, segundo a idéia inicial, todos os quase um milhão de filiados no Brasil inteiro. Propostas intermediárias – como o direito a participar restrito a quem tem mandato ou já participa de diretórios em todos os níveis – chegaram a se esboçar.

No entanto, a única coisa feita até aqui foi um convite à participação partidária, no sítio do diretório nacional. Aí, o resultado é pífio. Nem mesmo Minas chega a comparecer de forma importante nos apenas 10 mil que até aqui se manifestaram. Resultado: 10 entre 10 tucanos considera a prévia um fiasco. E o caminho do acordo interno entre as partes parecer ser o único. A propósito, confira o que escreveu o jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo. A foto (de arquivo) é de Fabio Rodrigues Pozzebom, da Agência Brasil. A seguir:

Prévias do PSDB naufragam já na fase das inscrições

..Nos primeiros dias de setembro, o PSDB escreveu no alto do portal que mantém na internet um convite aos filiados:“Participe das prévias nacionais. Escolha o nosso candidato à Presidência da República. Clique aqui e inscreva-se”. Quem pressiona o mouse no local indicado é direcionado para um formulário de inscrição. Decorridos quase dois meses, deu-se um fiasco.

De acordo com os arquivos do PSDB, o partido teria cerca de 1 milhão de filiados em todo país. Pois bem. Menos de 10 mil se animaram a preencher o formulário que dá direito a voto nas supostas prévias. Se não for prorrogado, o prazo para as inscrições termina em 30 de novembro. Mantido o ritmo atual, o número de votantes não vai chegar à marca de 20 mil.

O vexame do cadastramento eletrônico é a mais eloquente evidência de que a escolha do candidato tucano será feita por acordo, não no voto.O tem dois nomes para oferecer aos eleitores. O favorito, José Serra, reluta em assumir a candidatura. O azarão, Aécio Neves, diz que deseja as prévias. Tomada pelo nanismo do quadro de inscritos, a disputa prévia -organizada por pressão de Aécio –  não é coisa que possa ser levada a sério…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras notas e artigos publicados e/ou comentados por Josias de Souza, da Folha de São Paulo.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo