Sem categoria

R$ 338,4 BILHÕES. Na conta do governo, esse trocão todo já foi investido no PAC

Dilma, com Mantega a tiracolo, faz o anúncio do uso do trocão do PAC
Dilma, com Mantega a tiracolo, faz o anúncio do uso do trocão do PAC

Coisa de duas semanas após o Tribunal de Contas da União determinar a paralisação de uma dúzia de obras grandonas, o governo federal veio a público, nesta quinta-feira. O objetivo: informar o quanto já foi investido no Plano de Aceleração do Crescimento, lançado há dois anos e meio, quase três. E o troco é por demais grandão, cá entre nós.

No relatório, apresentado, entre outros, pela “mãe do PAC”, Dilma Rousseff, constam recursos orçamentários da União e das estatais e também dispêndios realizados por empresas privadas que tocam as obras. Para constar: em Santa Maria, o Plano alcança quase R$ 150 milhões. O que é bastante, cá entre nós.

Sobre o balanço apresentado e mais detalhes do trocão, acompanhe reportagem publicada na versão online d’O Estado de São Paulo. O texto é assinado por Leonardo Goy, Renata Veríssimo e Renato Andrade, com foto de Marcello Casal Jr, da Agência Brasil. A seguir:

Governo anuncia que investimentos do PAC somam R$ 338,4 bi

O governo federal anunciou nesta quinta-feira, 8, o oitavo balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), cujos investimentos somaram R$ 338,4 bilhões entre janeiro de 2007 e agosto de 2009, o equivalente a 53,6% do total previsto até 2010. Participaram do evento a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

Em relação ao ritmo das obras, o balanço mostra que 39% das ações já foram concluídas. Além disso, 52% das obras estavam, no último mês de agosto, em “ritmo adequado”; outros 7% “demandavam atenção”; e 2% estavam em “situação preocupante”. A divulgação do boletim acontece uma semana depois de o Tribnal de Contas da Uniao (TCU) determinar a paralisação de 13 obras do programa.

Dilma também informou que o governo irá se reunir nos próximos dias para definir um “tratamento especial” para as obras referentes à Copa do Mundo de 2014 e à Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro. A ministra chegou a usar a expressão PAC da Copa e PAC das Olimpíada…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo