Congresso

VIOLÊNCIA URBANA. CPI debate com Tarso a política nacional de segurança pública

Pimenta e Miranda Uchôa:  integração para combater as drogas
Pimenta e Miranda Uchôa: integração para combater as drogas

Esta é, provavelmente, a mais importante reunião, até aqui, da Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara dos Deputados que trata da violência urbana no Brasil. Será nesta quarta-feira a audiência com a presença do ministro da Justiça, Tarso Genro, que aceitou o convite da CPI que tem como relator o santa-mariense Paulo Pimenta (PT).

O tema do ministro: a política nacional de segurança pública implantada pelo Governo Lula. Mais detalhes, inclusive dos debates havidos nesta terça-feira, com a presença do Secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Paulo Roberto Yog de Miranda Uchoa, acompanhe material distribuído pala assessoria do deputado Pimenta. A foto é de Luiz Xavier, da Agência Câmara de Notícias. Confira:

Ministro da Justiça colabora com CPI da Violência Urbana

A CPI da Violência Urbana recebe nesta quarta-feira (28) o Ministro da Justiça, Tarso Genro, com objetivo de debater a política nacional de segurança implantada pelo Governo Federal. A presença de Tarso foi articulada pelo relator da CPI, deputado Federal Paulo Pimenta (PT-RS), através de acordo com o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, José Aníbal (PSDB-SP).

Segundo Pimenta, existe grande expectativa em relação à audiência pública a ser realizada com Ministro da Justiça. Desde a instalação da CPI, Tarso colocou-se a disposição da comissão. A pauta da reunião será a política de segurança que está sendo executada no país. O objetivo é esclarecer as ações do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), relacionadas ao combate ao crime organizado que estão sendo adotadas no RJ. A reunião acontece a partir das 13h o plenário n° 1 da Câmara dos Deputados.  

Nesta terça-feira (27), a CPI recebeu o Secretário Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), General-de-Divisão Paulo Roberto Yog de Miranda Uchôa. Durante Audiência Pública, foi debatida a política do Brasil de combate ao uso e ao tráfico de entorpecentes.

 O General Uchôa defendeu que a função da SENAD é integrar as diversas políticas setoriais existentes no Governo Federal, desenvolvendo ações no âmbito da prevenção. A meta da Secretária é incentivar a qualificação de lideranças, capacitando pessoas para atuar raiz do problema.”  

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo