ColunaPolítica

MÍDIA. Luciano Ribas, as visitas de Ahmadinejad ao Brasil e Obama à China. Ah, e o Marcos Rolim

“... O país de Mahmoud Ahmadinejad reprime violentamente opositores, tal como o faz a China (alguém esqueceu o “Massacre da Praça da Paz Celestial”?). Ambos, também, não são nem de longe uma democracia (ao menos como a entendemos), nem parecem desejar ser, mas no Irã ao menos existem eleições. Homossexuais ou são considerados criminosos ou, ao menos, são extremamente discriminados tanto no regime de Beijing quanto no de Teerã. Chinesas recém nascidas são abandonadas à morte em muitos locais do interior da China, por conta de uma cultura que valoriza a existência de um primeiro filho homem; iranianas não têm o mesmo status dos homens do seu país, embora sua situação seja muito melhor do que na maioria das nações islâmicas.

Em resumo, Irã e China estão igualmente muito distantes do que consideramos modelos para o nosso país ou para o mundo. Por que, então, tanta diferença de tratamento quando dois líderes ocidentais dialogam com essas (e outras) nações? Deveríamos evitar relações com ambas, mesmo sabendo da sua relevância, tanto na economia quanto na geopolítica? Dialogar com iranianos e chineses, inclusive expondo-os aos protestos públicos e reiterando nossas posições democráticas, pode ser mais negativo do que isolá-los da comunidade internacional? O tratamento que os americanos reservam aos imigrantes ou aos prisioneiros de Guantánamo violam menos os direitos humanos do que as políticas repressivas na China e no Irã? Indo além no terreno dos “princípios”, deveríamos não receber Barak Obama em nosso país, caso consideremos que os EUA também promovem crimes contra a humanidade, inclusive além das suas fronteiras, sem falar que também lá vigora a imoral pena capital?…”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo “Pesos e medidas”, de Luciano Ribas, colaborador habitual deste sítio. Ele foi postado há instantes, na seção “Artigos”. Boa leitura!

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Brilhante Luciano!!! Inclusive O o ilustre prefeito Dr. Schirmer nem devia ter ido a China quanto mais nomear embaixadora de Santa Maria a senhora Kong! Olhando pela ótica deles é claro! AH! Ia me esquecendo o PMDB pooooode! ainda mais o da era medieval “O PMDB GAÚCHO!” o do ator Pedro Simon!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo