AssembleiaEstadoEstradas

CHUVARADA. Assembléia também comparece à região, em solidariedade às comunas

Deputados estaduais, Ivar Pavan à frente, estiveram na ponte do Jacui e conversaram com prefeitos

Há uma verdadeira conjugação de esforços no sentido de trazer solidariedade às comunas da região central, especialmente aquelas, como Agudo e Paraíso do Sul, além de Candelária e a Quarta Colônia, mais atingidas pela chuvarada dos últimos dias. E que redundaram, afora prejuízos materiais significativos e de difícil reposição, em perdas humanas que parecem inevitáveis – depois do desmoronamento da ponte sobre o Rio Ibicuí, perto de Agudo.

Entre os que por aqui apareceram estão os representantes do parlamento gaúcho. A começar pelo presidente, o petista Ivar Pavan. O que ele e seus colegas fizeram nesta quarta-feira você fica sabendo no material distribuído pela Agência de Notícias da Assembléia Legislativa. O texto é de Gilmar Eitelwein e Stela Pastore, com foto de Walter Fagundes. A seguir:

Deputados prestam solidariedade às comunidades atingidas pela chuva

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ivar Pavan (PT), e os deputados Heitor Schuch (PSB) e Adão Villaverde (PT) reuniram-se no final da manhã e início da tarde desta quarta-feira (6) com os prefeitos de Candelária, Lauro Mainardi, e de Agudo, Ari Alves da Anunciação, e lideranças da região do Vale do Rio Pardo, para prestar solidariedade às comunidades atingidas pelas chuvas dos últimos dias. Os deputados visitaram as localidades mais atingidas em Candelária e visitam também a ponte que desabou sobre o Rio Jacuí. A  comitiva segue para Santa Cruz do Sul, onde tem encontro com o vice-prefeito, Luis Augusto Costa Campi, juntamente com o deputado Adolfo Britto (PP), que somou-se ao grupo. 

O prefeito de Agudo informou que 11 pessoas foram resgatadas com vida da queda da ponte e seis estão desaparecidas oficialmente, entre elas o vice-prefeito de Agudo, Hilberto Boeck. Três botes, dois barcos, e um helicóptero dos bombeiros realizam o trabalho de busca e resgate dos desaparecidos. “Sou prefeito de cinco mandatos e nunca presenciei nada parecido. Os prejuízos são incalculáveis”, registrou o prefeito. Ele relata que há várias comunidades isoladas devido a quedas de pontes e acessos e famílias estão  sem água e energia. A Corsan está há três dias com o fornecimento de água interrompido…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela assessoria de imprensa do Palácio Piratini.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo