ConsumidorEstado

NÃO CUSTA LEMBRAR. Já é possível bloquear os telefonemas de telemarketing. Mas como?

Confira a seguir trecho de nota publicada aqui na manhã de 12 de agosto de 2009, uma quarta-feira:

Otima lei. Agora, decidiu a Assembléia gaúcha, você pode bloquear chamadas de telemarketing

Foram três os projetos votados e aprovados nesta quarta-feira, pela Assembléia Legislativa. Mas, loooonge, o que mais interessa ao conjunto da população gaúcha é do peemedebista Alceu Moreira, que permite o bloqueio das chamadas das empresas de telemarketing – idéia que já vigora, com sucesso, em São Paulo, onde o parlamento também aprovou proposta semelhante.

Agora, claro, depende da sanção da governadora Yeda Crusius. Duvida-se, porém, que ela vete o projeto aprovado pelos deputados. Os detalhes da lei, e também…”

PARA LER A ÍNTEGRA, inclusive a reportagem que a originou, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, a lei já está em vigor, com a sanção, na época, da governadora. O que falta é mais divulgação da forma como se faz para bloquear o telefone do consumidor para ligações indesejadas. Isso precisa merecer propaganda institucional, em benefício do cidadão.  

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo