AssembleiaPartidos

NÃO CUSTA LEMBRAR. Iniciava a CPI da Yeda. No fim, vitória dela, com apoio do PMDB, hoje adversário nas urnas

Confira a seguir trecho da nota publicada aqui na manhã de 2 de setembro de 2009, uma quarta-feira:

CPI DA YEDA. Confronto entre governo e oposição acontece já na primeira reunião de trabalho

Aconteceu o esperado. Oposição, que tem a presidência, e Governo, com a relatoria, divergem já na abertura, na tarde/noite desta terça-feira. Foi, digamos, para demarcar posição. Num primeiro momento, a vitória foi oposicionista, com a presidente Stela Farias, do PT, impondo um plano de trabalho para a “CPI da Yeda”. Não era esse o desejo do relator, Coffy Rodrigues, do PSDB, que queria ver sua própria proposta votada por todos os integrantes. Essa idéia não foi atendida por Stela, alegando estar cumprindo o regimento interno da Assembléia Legislativa.

Stela e Coffy. Esse embate será obviamente uma constante todo o tempo, o tempo todo. Pode apostar

Por enquanto, prevaleceu a tese da presidente. Mas, e disso esse (nem sempre) humilde repórter não tem a mínima dúvida, é prudente não apostar em vitória oposicionista ao longo dos trabalhos. Haverá um momento, por exemplo, em que os requerimentos, quaisquer que sejam, terão…”

PARA LER A ÍNTEGRA, inclusiv da reportagem que a originou, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, a governadora Yeda Crusius é candidata à reeleição e ameaça (bem, pelo menos os peemedebistas temem) ir para o segundo turno. E a CPI? Bem, terminou exatamente como este (nem sempre) humilde repórter previa: com o amassamento da oposição. Inclusive, veja só, com o apoio decisivo do PMDB, agora adversário da titular do Piratini.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo