Câmara de VereadoresEconomiaMinistério PúblicoSaúde

ÓTICAS. Termo de Cooperação para garantir produtos adequados e legais à população

Repartição de responsabilidades: é o que o termo terá, definiram os participantes da reunião

Depois de todo o imbróglio envolvendo inclusive a operação das autoridades no shopping popular, no início do mês, até mesmo com a reação irada de representante da prefeitura que, na prática, sugeria a manutenção da ilegalidade (para relembrar, AQUI), uma importante reunião aconteceu hoje na Câmara de Vereadores.

O que trataram as autoridades e empresários presentes, inclusive os parlamentares? Saiba através da reportagem produzida pela assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores. O texto é de Clarissa Lovatto, com foto de Renata Bianchini. A seguir:

Produtos ópticos: termo de cooperação será elaborado

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (27), a Comissão de Saúde do Legislativo e representantes do Ministério Público, da Vigilância Sanitária do Município e do Sindióptica-RS definiram a utilização do termo de cooperação firmado entre a prefeitura de Porto Alegre e o Sindicato do Comércio Varejista de Material Óptico, Fotográfico e Cinematográfico do Rio Grande do Sul como referencial para a elaboração do documento a ser aplicado em Santa Maria. Os vereadores Marion Mortari e Maria de Lourdes Castro, integrantes da Comissão, e o promotor de Justiça João Marcos Adede y Castro participaram da atividade na sala de reuniões da Câmara.

A equipe da Vigilância Sanitária irá analisar o documento de Porto Alegre e realizar os ajustes necessários para, na próxima reunião em 27 de outubro, apresentar o termo de cooperação adequado à realidade local. No texto, serão detalhados os…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Por enquanto o Claudio Rosa mantem a outra ilegalidade no Shopping DVDs e CDs piratas aos montes. Em entrevista realizada e gravada ele afirma que aqui passam por uma transição a exemplo de Porto Alegre. Bom no feriadão conversei com vendedores em Porto Alegre do Shopping Popular de lá todos confirmaram,NUNCA houve transição e NUNCA puderam vender nas dependencias do Shopping DVDS e CD’s Piratas… Isso já haviamos constatado em documentos. Como gostam de contar lorota esses caras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo