SÓ EM 2012. Previdência complementar do servidor, Lei da Copa, Código Florestal…

A avaliação, se ouvida a opinião apenas dos congressistas, especialmente deputados federais, será sempre positiva. E talvez até seja, mesmo. De todo modo, alguns temas considerados importantes ficam mesmo é para o próximo ano.

Entre os principais, ou mais notórios, estão a questão da previdência complementar dos servidores públicos federais e a Lei Geral da Copa, com todas as suas repercussões. Sem falar, também, do Código Florestal, que retorna à Câmara, após ser modificado no Senado.

Mas, atenção: deputados terão que decidir tudo no primeiro semestre. Afinal, no segundo, todos estarão envolvidos no pleito comunal. Ah, mais sobre isso, no material produzido pela Agência Câmara de Notícias. A reportagem é de Noéli Nobre. A seguir:

Prioridades do governo em 2012 incluem previdência do servidor e Lei da Copa

A lista de prioridades do governo, na Câmara, para 2012 inclui a votação do projeto que cria o fundo de previdência complementar do servidor público federal (Funpresp – PL 1992/07), da Lei Geral da Copa (PL 2330/11), dos novos códigos Florestal e Mineral, entre outras propostas.

Conforme afirmou nesta quinta-feira (15) o líder do governo, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), a expectativa é votar a Funpresp já na segunda semana de fevereiro, como foi acertado em acordo entre as lideranças ontem (14).

Já a proposta do novo Código Florestal, que foi aprovada na semana passada pelo Senado (EMS 1876/99) e terá de ser apreciado novamente pelos deputados, pois o texto aprovado na Câmara foi alterado, deverá entrar na pauta nos dias 6 e 7 de março. “Em relação ao Código Florestal, vamos respeitar o acordo feito no Senado e fazer pequenos ajustes, na parte referente às cidades”, adiantou Vaccarezza…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *