CidadaniaSegurança

TERRÍVEL ESTATÍSTICA. Desde 1980, violência matou um brasileiro a cada 15 minutos

Você achou o número horrível? Pois há informações ainda piores. Se tomado apenas o ano passado, 1910, a violência matou um brasileiro a cada 10 minutos. Seis por hora. 72 por dia. E tudo isso consta da pesquisa “Mapa da Violência”, feita pelo Instituto Sagari, divulgada em São Paulo.

A propósito desses números, que possibilitam e levam a uma necessária reflexão, acompanhe material do Espaço Vital, sítio especializado em informações jurídicas, com base em informações originais constantes de reportagem publicada no jornal O Globo e assinada pelo jornalista Flávio Freire. Acompanhe:

“Violência matou 1,1 milhão de brasileiros em 30 anos

Nos últimos 30 anos, a violência no país praticamente dizimou uma cidade inteira de grande porte, como São Gonçalo. Nesse período, cerca de 1,1 milhão de pessoas foram vítimas de homicídio, superando, de longe, as impressionantes estatísticas de países em guerra. Morreu muito mais gente no Brasil do que nos 24 anos de conflito na Guatemala (com 400 mil mortes), nos nove anos da Guerra do Iraque (que vitimou cerca de 110 mil pessoas) ou nos 53 anos de disputa entre Israel e Palestina, período em que 125 mil civis foram assassinados.

A média dessas últimas três décadas é de quatro brasileiros assassinados por hora. Só em 2010 foram mortas 50 mil pessoas, média de 137 mortes por dia. É mais do que um massacre do Carandiru – quando 111 presos perderam a vida no confronto com a polícia, em 1992, em São Paulo – a cada dia.

Uma pessoa foi morta a cada dez minutos no Brasil no ano passado (2010). As informações são do jornal O Globo, em matéria assinada pelo jornalista Flávio Freire.

“Foram mortas, exatamente, 1.091.125 pessoas. Para se ter uma ideia da tragédia, só 13 cidades brasileiras têm uma população que ultrapassa 1 milhão de habitantes. Matou-se no Brasil muito mais gente do que em países onde há conflitos armados por décadas” – ressaltou Júlio Waiselfisz, responsável pela pesquisa do Mapa da Violência 2012, elaborada e divulgada pelo Instituto Sagari, em São Paulo…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo