EducaçãoTrabalhoUFSM

UFSM. Sindicato mobiliza professores e faz assembleia para decidir sobre greve

São duas as razões básicas invocadas pelos docentes federais (e não apenas de Santa Maria) para paralisar as atividades como forma de pressionar o governo. Uma seria o não cumprimento de acordo feito em 2011, pelo qual haveria a incorporação, ao salário, de uma gratificação e a correção adicional de 4%. A segunda é a inexistência de avanço na discussão de uma proposta de restruturação da carreira docente.

Agora, há a ideia de levar adiante a proposta de greve, a ser deflagrada a partir da próxima semana. E isso tudo será discutido, em nível local, por assembleia marcada para a manhã desta quinta-feira, no campus da UFSM, em Camobi. Mais detalhes da mobilização chegam através da assessoria de imprensa da Seção Sindical dos Docentes. O texto é do jornalista Fritz R. Nunes. A seguir:

Assembleia docente avalia deflagração de greve

…Os professores da UFSM voltam a se reunir em assembleia nesta quinta, 10 de maio, a partir das 10h, no Auditório Lói Berneira (prédio 18, “C”, da Química), no campus. Na pauta, o principal ponto é a confirmação do indicativo para deflagração de greve a partir de 17 de maio. O indicativo já havia sido aprovado em plenária anterior, em 19 de abril, que por sua vez foi referendado na reunião do setor das federais do Sindicato Nacional (ANDES-SN) nos dias 20 e 21 de abril como orientação para os docentes das universidades federais de todo o país.

A partir desta terça, 6, a SEDUFSM distribui panfletos pela UFSM em que busca sensibilizar os docentes a participarem da assembleia de quinta-feira. O sindicato também veiculará mensagens através dos meios de comunicação da cidade com o intuito de convocar os filiados para o debate da greve.

Duas motivações básicas estão levando a categoria dos professores à paralisação. A primeira é o descumprimento do acordo assinado em agosto de 2011, que previa a incorporação da Gratificação Específica do Magistério Superior (Gemas) e um reajuste que implica em correção de 4% nos vencimentos. Entretanto, o projeto que faz essas modificações, encontra-se à espera do parecer de um deputado da…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo