Câmara de VereadoresCongressoCulturaEconomiaEducaçãoEleições 2012PartidosPolíticaPrefeitura

LUNETA ELETRÔNICA. O cara é o Cara, Yeda, menos CCs na Câmara, Porcina, royalties, CID Legal, Iberê

* Há quem não goste de Luiz Inácio Lula da Silva. São poucos (coisa de 5% dos brasileiros, indicam as pesquisas), mas barulhentos. Nem eles, porém podem desconhecer o óbvio.

* Afinal, o Cara é, se fosse personificar em alguém, o grande vitorioso do pleito municipal deste outubro. Levou a jóia da coroa, ao indicar um “poste” (outra vez) e vencer.

* Aliás, fez mais que vencer, com Fernando Haddad: retirou do principal adversário político, o PSDB, o principal troféu em disputa, a prefeitura de São Paulo.

* Na boca do monte, a propósito de tucanos, eles, com o deputado Jorge Pozzobom à frente, fizeram a festa para Yeda Crusius, que esteve em Santa Maria na sabatina, para o lançamento do livro de Políbio Braga, “Cabo de Gueerra”.

* Bem entendido que, no evento, não esteve presente Nelson Marchezan Júnior, o único deputado federal da sigla e que não toma nem cafezinho com a ex-governadora.

* Ah, sobre o livro, o jornal A Razão dedicou duas páginas na sua edição de final de semana. Abriu ESPAÇO para Políbio e Yeda – segundo o autor, protagonista de uma “conspiração” contra a tucana.

* Anote: ao longo desta semana, a Mesa Diretora da Câmara apresentará projeto de resolução, e que será aprovado pelo plenário. Tema: Cargos de Confiança a partir de 2013.

* Este sítio antecipa as duas principais medidas a serem anunciadas e chanceladas – ainda que uns e outros edis, atuais e/ou futuros, tenham ficado chateados, para dizer o mínimo.

* O número de CCs máximo por edil baixará de seis para cinco. A outra possibilidade, como PUBLICOU o Diário de Santa Maria na sexta-feira, seria quatro.

* O mais importante: se hoje são gastos mais de R$ 12 mil para o total, a partir de janeiro, para esses cinco CCs o máximo a ser pago, na soma, será R$ 7,5 mil.

* Consequência óbvia da medida: além de obrigar alguns dos atuais vereadores (que se reelegeram) a demitir assessores, o salário de outros será inevitavelmente rebaixado.

* Ah, em relação aos CCs maiores, nomeados pela Mesa Diretora, que hoje recebem mais de R$ 8 mil, passarão a ganhar, cada um R$ 7.790,29 – o mesmo dos vereadores.

* Ninguém cogitou, em momento algum, reduzir o subsídio dos parlamentares, como forma de adequar as contas do Legislativo ao Orçamento de 2013.

* No Congresso Nacional, terça-feira, os parlamentares decidem o futuro (?) da CPI Porcina, a que foi sem nunca ter sido. Ops, a CPI do Cachoeira.

* No Senado, o psolista Randolfe Rodrigues já conseguiu assinaturas necessárias para prorrogar os trabalhos (?), que regimentalmente encerram em 4 de novembro.

* Mas, como a CPI é mista, também há necessidade de 171 assinaturas (um terço) de deputados federais. Até o final de semana, só 80 haviam sido obtidas.

* Nesta terça também, aí na Câmara, reunião do colégio de lideranças partidárias deve definir o que e quando será votado até o final do ano.

* Além de um punhado de Medidas Provisórias, que estas têm prazo, o presidente Marco Maia, do PT gaúcho, quer ver apreciado, ainda nesta semana, o projeto que trata da distribuição dos royalties do petróleo. A conferir.

* Nesta segunda inicia o 6º Festival Cid Legal Canta e Dança, no Clube Caixeiral, a partir das 2 da tarde. O Festival vai até quarta, dia 31. 

* O evento é realizado pelo Programa Municipal de Educação Fiscal de Santa Maria, desenvolvido pela Prefeitura, vias secretarias de Educação e de Finanças. O objetivo conscientizar e educar para o exercício da cidadania.

Da fase “Os Ciclistas”, uma das obras marcantes de Iberê (foto João Alves, da CCS/PM)

* São 74 apresentações previstas, com cerca de 750 alunos. Para conferir toda a programação, clique AQUI, no material produzido pela Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura.

* Uma dica cultural: você não pode perder, no Museu de Arte (Presidente Vargas) a exposição “No tempo”, com 49 obras do acervo de Iberê Camargo, nascido em Restinga Seca e um dos grandes nomes da arte brasileira.

* São gravuras e desenhos de diferentes fases de Iberê, desde o início de sua carreira. A mostra vai até 23 de novembro, de segunda a sexta, das 8 da manhã às 4 da tarde. A entrada é gratuita.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Se os partidos que dirigem a Câmara realmente estivessem preocupados com economizar começariam cortando os salários de quem ganha mais. Existem três cargos ganhando mais do que vereadores, cerca de 8100, sem contar com vale transporte e alimentação. Qual o motivo que leva a não reduzir estes valores de forma significativa se eles não exigem dedicação exclusiva de quem os desempenha que pode inclusive se dar ao luxo de ter outro emprego ao passo que os assessores que ganham mal precisam cumprir expediente sempre? Outra questão é a excessiva quantidade de chefes de setor, bastando olhar para o organograma publicado na página da Câmara. A limitação do número de diárias anuais tiradas por servidores também deveria existir. Fala-se tanto de economia e pretendem castigar quem em boa pate leva o verdadeiro trabalho da Câmara nas costas sem extinguir seus marajás, que são poucos, mas existem, tudo para agradar os interesses particulares em detrimento do interesse público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo