EducaçãoPrefeituraTrabalho

EDUCAÇÃO. Docentes municipais em vigília por Piso

São três dias, a partir de amanhã, quando representantes do Sindicato dos Professores Municipais também ocupam a Tribuna Livre da Câmara de Vereadores. A movimentação faz parte da pressão para a atualização do piso nacional da categoria, que teve reajuste em janeiro. Mais informações,na nota distribuída pela assessoria de imprensa do Sinprosm. A seguir:

SINPROSM promove vigília em defesa do Piso Nacional

O Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria SINPROSM promove uma vigília, nos dias 23, 24 e 25 de abril, na Rua Alberto Pasqualini, em defesa do Piso Nacional do Magistério. No dia 23, às 15h, será realizada uma manifestação na Tribuna Livre da Câmara de Vereadores de Santa Maria onde o SINPROSM reivindicará o pagamento do reajuste salarial que deve equiparar o vencimento básico com o Piso Nacional Profissional do Magistério.

Em assembleia realizada no dia 19 de abril, os professores municipais decidiram continuar os períodos reduzidos e o boicote as atividades promovidas pela Secretaria de Educação até que  a Prefeitura formalize uma proposta do pagamento do Piso Nacional do Magistério.” 

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Por que penalizar estudantes e pais com redução de horário? Continuem seus protestos mas vão trabalhar senhores professores. Seria justo descontar de quem trabalha menos que carga horária estabelecida? Eu acho que sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo