PartidosPolíticaTrabalho

TRABALHO. Entidades controladas por PSOL e PSTU convocando: no dia 24, a “grande Marcha em Brasília”

Uma série de reivindicações, muitas pendentes ainda do ano passado. Tudo isso estará sendo pleiteado na “grande Marcha em Brasília”, convocada por um grupo de entidades de trabalhadores, mas que tem como grande coordenador a Conlutas, a central sindical controlada politicamente por PSOL e PSTU – e que tem o Andes-SN, representante dos professores universitários, como uma de suas organizações principais.

Em Santa Maria, quem comanda a articulação político-sindical é a Seção Sindical dos Docentes da UFSM, vinculada ao Andes.E os detalhes do que acontecerá em Brasília chegam pela assessoria de imprensa da Sedufsm. Acompanhe:

Marcha do dia 24 de abril quer unificar trabalhadores

O ANDES-SN, ao lado de outras entidades como CSP-Conlutas, Sinasefe, Condsef, “CUT Pode Mais”, Intersindical, Cobap, Luta Popular, Fenasps e Anel, convoca todos os trabalhadores, movimentos organizados e setores da sociedade civil a comparecerem à grande Marcha em Brasília, que acontecerá no próximo dia 24. A denúncia do Acordo Coletivo Especial (ACE) e a exigência da anulação da Reforma da Previdência de 2003 são algumas das pautas que norteiam e sustentam a mobilização.

As entidades que irão compor a Marcha veem-na como uma tentativa de unificar a classe trabalhadora e a juventude brasileiras contra os ataques constantemente lançados pelo governo federal, fortalecendo a independência do movimento e re-oxigenando as pautas e lutas levantadas durante a greve da educação em 2012, uma das mais longas do setor até então. A experiência adquirida nesse último processo de lutas, a partir da organização em Comandos Nacionais de Greve, resultou em uma pauta nacional de reivindicações, que foi apresentada ao Ministério da Educação (MEC) e ao governo federal…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo