AssembleiaCâmara de VereadoresCongressoEducaçãoEstadoHistóriaPartidosPolíticaPrefeituraSaúdeTransporte

LUNETA ELETRÔNICA. Crachá na Câmara, Dilma e vetos, Assembleia, transporte escolar, novas siglas…

* Olhando a coisa sem preconceito, se trata de organização. Mas, com certeza, a medida tomada pela Câmara (não é novidade, já houve antes, sem sucesso) pode levar a reações.

Sem crachá? Nada feito!
Sem crachá? Nada feito!

* Do que se trata: o parlamento alterou o acesso às suas dependências. A partir de agora, ao chegar à Câmara, o visitante deve passar pela recepção e apresentar documento de identificação com foto, informando o setor ou gabinete onde pretende se dirigir.

* Após, receberá um adesivo, aos moldes do sistema utilizado na Assembleia e em outras Câmaras. Noutra palavra: está instituído o crachá.

* Futuramente, informa a assessoria de imprensa da Câmara, será implantado um sistema de identificação por meio de software de computador, para cadastro permanente dos visitantes.

* Ah, também está definida a restrição ao acesso de pessoas estranhas ao Plenário “a fim de garantir a manutenção da ordem e respeito à austeridade das Sessões”.

* Há uma boa possibilidade de ser votado hoje o projeto do governador Tarso Genro, criando o Passe Livre Estudantil. Inclusive porque ele tranca a pauta da Assembleia. Nada será apreciado antes dele.

* A proposta é uma das 16 MATÉRIAS em condições de ser votadas, nesta semana. A decisão sobre quantas e quais se dá na reunião de líderes com a direção da AL, no final da manhã.

* Já em Brasília, o Congresso tem sessão conjunta prevista para esta terça. Vai analisar dois vetos presidenciais. E um deles, particularmente, “está pegando”.

* Dilma Rousseff vetou o projeto de lei que acaba com a multa adicional de 10% sobre o saldo de FGTS pagos aos empregadores em demissões com justa causa. A conferir. 

* Também hoje, em Brasília, acontece a posse de Rodrigo Janot, o novo Procurador-Geral da República. Ele substitui a Roberto Gurgel, cujo mandato terminou em julho.

* Podem ser confirmados nesta terça dois novos partidos em condições de disputar eleições no Brasil. Um o Solidariedade, outro é o Partido Republicano da Ordem Social (PROS).

* O Tribunal Superior Eleitoral decide se concede registro a ambos. O Solidariedade, porém, criado pelo deputado federal Paulinho da Força (PDT-SP), enfrenta suspeita de FRAUDES nas assinaturas apresentadas.

* A secretaria de Mobilidade Urbana abordou, até esta segunda, 143 veículos usados no transporte escolar, em 45 instituições de ensino públicas e privadas.

* Segundo material da assessoria de imprensa do Gabinete do Prefeito, a fiscalização das condições dos automóveis (e, claro, a segurança dos alunos transportados) foi o motivo da operação.

* Por conta da ação, foram notificados 41 veículos, encontrados dois clandestinos e sete foram removidos. Convenhamos: assustador constatar irregularidades em mais de um terço do total.

* A Prefeitura informa que a Unidade Básica de Saúde Centro Social Urbano (CSU) e a Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Casa da Criança, na Rua Venâncio Aires, 2645, na Vila Oliveira, têm previsão para retomar suas atividades normais nesta quinta.

* Tanto o CSU quanto a Emei estão fechados desde a última quinta, por medida de segurança, devido a um problema na rede elétrica da escola.

* Uma empresa contratada pela prefeitura já trabalha na recuperação da rede elétrica e, na quarta-feira (18), a AES Sul deverá restabelecer a energia.

* A coordenação da unidade de saúde informa que, neste período, os casos de urgência e emergência devem se dirigir ao PA do Patronato ou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo