BALADA SEGURA. Novas viaturas para a Brigada

POR MAIQUEL ROSAURO

O governo do Estado entregou 16 novas viaturas para a Brigada Militar ontem (18). Conforme o deputado estadual Valdeci Oliveira, a inicitiva vem a beneficiar as ações da Balada Segura. Leia abaixo na matéria (e foto) de Tiago Dias, da assessoria de imprensa de Valdeci:

Brigada Militar ganha mais viaturas para Balada Segura

O governo do Estado investe em políticas públicas para o combate à acidentalidade e mortes no trânsito. A operação Balada Segura é um dos programas responsáveis pela queda do índice de acidentes. Para auxiliar no trabalho e aumentar a conscientização, o governo entregou 16 novas viaturas para a Brigada Militar com o objetivo de qualificar as ações.

As viaturas, entregues pelo governador Tarso Genro, nesta terça (18), serão destinadas para os Comandos Regionais de Policiamento Ostensivo da BM no interior do Estado. Devem ir para municípios em que o programa ainda não foi implementado e também reforçar as equipes dos municípios que já contam com a operação.

BALADA SEGURA. Novas viaturas para a Brigada - Novas-viaturas-Brigada-300x201

Novas viaturas entregues ontem (18)  à Brigada Militar

Para o líder do governo na Assembleia, deputado Valdeci Oliveira (PT), o Estado reassume o papel de gestor da área. “As políticas públicas implantadas nos últimos três anos ajudaram a alcançar esse resultado positivo. A Balada Segura e a Viagem Segura integram diversos órgãos e atuam em várias frentes, combinando fiscalização e educação para o trânsito, papéis fundamentais do estado enquanto agente de transformação da sociedade. É necessário qualificar e dar condições para que este importante trabalho aconteça”, comenta.

Números

Conforme o governador Tarso Genro, mais de 90% dos acidentes ocorrem por imperícia, negligência ou imprudência. “Isso significa que ainda temos que avançar com as políticas públicas como esta e conscientizar a população que o automóvel é um instrumento e não uma arma nem um elemento de produção de aventura”, disse.

O Rio Grande do Sul registrou uma redução de 25,7% no índice de mortes a cada 10 mil veículos de 2010 a 2013, passando de 4,7 para 3,5. O índice é uma medida utilizada internacionalmente para avaliar os impactos da violência no trânsito, já que relaciona as mortes a um indicador de exposição de risco. A população teve um crescimento anual médio de 0,4% e a frota aumentou quase 7% ao ano.

Pela primeira vez em quatro anos, os números violência no trânsito no Estado ficaram abaixo das 2 mil mortes. Em 2013, foram 1.984 mortes em acidentes de trânsito, uma redução de 9,4% em relação a 2010, quando morreram 2.191 pessoas. No ano de 2013, a redução foi especialmente significativa: passou de 2.091 em 2012 para 1.984 em 2013 (- 5,1%).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *