CidadaniaPolíticaPrefeituraSanta MariaSegurança

NAS RUAS 2. Dois autuados por pichação e agressão. Confira o que dizem os estudantes, prefeito, BM e ATU

Há a expectativa de uma nova manifestação de protesto nesta sexta-feira – convocada pelo Bloco de Lutas. Até o final da noite não havia informação de horário e local. De todo modo, houve consequências graves, nos acontecimentos da manhã desta quinta, inclusive do ponto de vista policial. E, nesta sexta, a partir da 1 e meia, na Defensoria Pública do Estado (Alameda Buenos Aires 293), os defensores públicos da comarca de Santa Maria vão atender aos manifestantes envolvidos no confronto com a Brigada Militar.

O jornal A Razão (parceiro deste sítio no portal Bei) traz ampla reportagem sobre os acontecimentos no centro da cidade. Parte você conferiu na nota anterior, logo abaixo. Agora, acompanhe a parte policial posterior aos eventos e, sobretudo, a manifestação das organizações de alguma maneira envolvidas no episódio que tem, como pano de fundo, o reajuste da tarifa urbana. A foto é de Juliano Mendes. A seguir:

A presença (e a atuação) da Brigada Militar é contestada. Mas também teve defensores
A presença (e a atuação) da Brigada Militar é contestada. Mas também teve defensores

Adolescente e estudante foram autuados por pichação e agressão

Ao final do protesto de ontem, alguns jovens registraram ocorrência na Delegacia Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) por não concordar com o posicionamento tomado pela Brigada Militar (BM). De acordo com o defensor público Andrey de Melo, que acompanhou o registro dos fatos na DPPA, um adolescente foi autuado por pichação e um estudante de Direito por agressão. Os dois responderão o processo em liberdade. Mais de 10 pessoas registraram queixa contra as ações policiais.

O prefeito Cezar Schirmer (PMDB) condenou o ato (leia mais no quadro). O presidente da ATU, Luiz Fernando Maffini, também lamentou o episódio e disse que a Brigada Militar agiu corretamente para dar proteção às pessoas que compravam passagens na sede da entidade.

Vereadores também se pronunciaram sobre o episódio. João Kaus (PMDB) lamentou a violência em uma cidade que já sofreu bastante com a tragédia da Boate Kiss. Já Marcelo Bisogno (PDT) afirmou ser a favor de manifestações, mas condenou a minoria de pessoas que tenta tirar a legitimidade dos protestos.

O QUE DIZEM OS ENVOLVIDOS

Brigada Militar

“Cerca de 40 policiais faziam o acompanhamento da manifestação. Tudo estava de maneira ordeira até chegar em frente à ATU, quando houve pichações e os policias foram deter dois que teriam participado do ato. Quando eles realizaram as primeiras detenções, os outros manifestantes tentaram impedir as prisões e começou o confronto entre eles. No intuito de controlar a situação, os policiais usaram gás lacrimogêneo e munição não letal. Um tenente ficou ferido, com uma fratura no nariz, devido a uma pedra que o atingiu e dois soldados também tiveram ferimentos leves. “No momento do ocorrido, os policiais não perceberam nenhum ferido, por isso não prestaram socorro. Sabemos que manifestantes fizeram registros, mas não temos o número exato, pois ocorrências ainda estão sendo registradas. Será instaurado um procedimento administrativo para apurar os fatos.”

Paulo Antonio Flores de Oliveira, subcomandante do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPmon), da Brigada Militar.  

DCE

“A Prefeitura mandou seus jagunços baterem na população para não responder os questionamentos levantados pelos manifestantes sobre esse aumento fraudulento na tarifa. Espero que BM procure identificar e punir dentro da corporação as atrocidades que aconteceram hoje (quinta-feira). Eles se aproximaram de nós já batendo com cassetetes, em seguida bala de borracha e depois bomba. Então quem começou a violência foi a BM, que estava mal-intencionada.”

Alex Monaiar, conselheiro do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFSM

Prefeitura

“A prefeitura reafirma a sua postura a favor de qualquer manifestação, de protesto ou não, desde que obedecendo aos preceitos inerentes ao regime democrático e ao Estado de Direito. Eu, que, como estudante, vivi num regime ditatorial, sei o quanto a violência ou o desrespeito à lei é nocivo à democracia. Por isso, nesta hora, ao reconhecer a legitimidade de qualquer protesto, tem que se destacar que protesto é protesto, e desordem é desordem”.

Cezar Schirmer, prefeito

ATU

“Na verdade, foi um ato de vandalismo criado por pseudoestudantes e pseudomovimentos sociais. Lamentamos muito o que houve hoje (quinta-feira). Estávamos com a loja aberta, vendendo passagens. Ao começar o protesto, fechamos as cortinas. Ficaram 12 pessoas lá dentro, em pânico. É uma situação constrangedora que não imaginávamos em Santa Maria, por tudo que já aconteceu. Queremos parabenizar a Brigada Militar, que teve atitude de proteger as pessoas que queriam comprar passagem. Foi uma atitude extremamente comedida e correta.”

Luiz Fernando Maffini, presidente da ATU”

GALERIA DE FOTOS DO JORNAL A RAZÃO (AQUI)

PARA LER OUTRAS REPORTAGENS DO JORNAL A RAZÃO, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

13 Comentários

  1. Aproveito também para mais uma vez elogiar a postura e atitude da valorosa Brigada Militar do RS; a melhor, mais preparada e mais eficiente Policia Militar do Brasil. Parabéns ao comando, oficiais, sargentos e soldados desta instituição histórica que tanto ORGULHO nos dá a nós gaúchos e brasileiros!

  2. Concordo plenamente com o internauta Luiz Carlos sobre os ditos “estudantes”-manifestantes; pois a maioria é “filhinho-de-papai” e dondoquinha mimada; a maioria tem sim condições de pagar a passagem integral e acabam prejudicando quem realmente precisa ser subsidiado pela *meia-passagem*, como os trabalhadores comuns e os estudantes carentes. Esses pseudo-manifestantes acabam prestando um DESSERVIÇO a nossa cidade!

  3. porto alegre acordou,acorda santa maria .schirmer incitoua violência quando mandou retirar cartazes dos menifestantes alguns dias antes.viva os estudantes e a democracia .abaixo a ditadura e a repressão que querem implantar em nosso país e nossa cidade.

  4. Busquem, na memoria RAM, recente
    Em POA, os motoristas e cobradores, semi-palarizaram à Capital.
    Em SantaMaria, o sindico, aumenta o condomínio e pega a todos, espantados e incrédulos.
    Nesta hora??

  5. O que o Schirmer fez incitar a violência ? To viajando e não soube de nada. E a Brigada não é comandada pelo governo estadual? Quem souber me responda, quero estar informado

  6. Li alguns comentários que desaforam o bom senso, a maioria que estava nas manifestações não pegam ônibus? Por favor senhor se retrate, pois é infundada e irreal a sua afirmação, além de caluniosa. Foi descabido sim, o uso da força contra os manifestantes? Baderneiros? Quem pega ônibus, e vamos deixar de ser hipócritas, sabe muito bem as condições que eles estão quando vão para o campus, por exemplo. É notório e de conhecimento público a insatisfação dos usuários do transporte público. Quem não os conhece sugiro começar a usar ônibus em Santa Maria. Manifestantes ordeiros e pacíficos tem mais êxito?? Leia um pouco de história e verá como foram as maiores transformações sociais que esse mundo já viu. Não foram com flores, posso te afirmar. Mas vai lá, leia um pouco, faz bem.

  7. O uso da força como 1º recurso é pratica comunista. Confrontar-se com armas e bombas estudantes desarmados é fácil. Nada justifica a desastrosa atuação da Brigada Militar neste ato.
    Estão treinando pra copa, Viva Cuba.

  8. Estes manifestantes são pessoas que não usan o transporte coletivo, e a maioria estuda em faculdades particular é só pegar a ficha dos que foram feridos e ver onde morrar e onde estudam, pois quem estuda em faculdade particular se usa onibus pode pagar, esses são desordeiros.

  9. Manifestações ordeiras e pacificas possuem maior êxito em suas reivindicações, inclusive recebem o respeito e o apoio daqueles que estão de fora. O que ocorreu ontem, manchou a imagem dos manifestantes. A policia pode até ter cometido exageros, mas o maior erro foram as ações de desordem que geraram a reação da PM.
    Eu sou usuário do transporte público, moro em uma localidade com deficiência em horários e linhas de ônibus. Mas nem por isso eu vou sair quebrando, pichando e desacatando a brigada. Esses grupos de manifestantes que se dizem serem representantes do povo “não me representam”, não agindo deste modo.

  10. Estão acabando com a DEMOCRACIA, a BRIGADA MILITAR por abuso de autoridade, o Schirmer por incitar a violencia, a guarda municipal por desvio de função . Onde vamos chegar,SERÁ que teremos que sair as ruas para conquistar nossos direitos. Não vamos aceitar mais isso: FORA SCHIRMER, a culpa é TUA de tudo isso,faça um BEM para Santa Maria,RENUNCIE

  11. Eu não sabia que a ATU ficava na rótula da Vale Machado…
    Foi ali que começou a bagunça… E brigadiano gritando: “quer apanhar?” pra mim, não estava defendendo absolutamente nada, estava numa demonstração exacerbada de poder!
    Fizeram bem e justo em prender o pichador, é crime, tem que ir preso sim! E por desacato também.
    Mas a meia quadra da ATU, incitar os manifestantes a brigar e atirar à queima roupa, como é claro nos vídeos espalhados pela web, é demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo