Santa MariaTragédia

NÃO CUSTA LEMBRAR. Familiares intimam a CPI

Confira a seguir trecho da nota publicada na tarde de 17 de abril de 2013, quarta:

CPI DA KISS. Associação dos Familiares é incisiva e cobra dos edis: “existe uma sensação de impunidade’

… Aparentemente, chegou ao fim a calma dos representantes dos representantes dos familiares das vítimas da tragédia de 27 de janeiro, em relação ao comportamento demonstrado até aqui pela CPI da Kiss – controlada pela bancada governista na Câmara de Vereadores.

Não é difícil deduzir isso, ao se tomar conhecimento das manifestações feitas na manhã de hoje, no parlamento, logo no início da reunião da Comissão, pelo presidente da entidade que une os familiares. Mais adiante, você terá, aqui, material a respeito do conteúdo dos depoimentos prestados por fiscais da prefeitura, ouvidos pelos edis. Agora…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI                                     

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, já é mais que conhecido o resultado da CPI. Que, aliás, cumpriu exatamente seus propósitos de nada investigar. Assim, ao rever o que disseram os familiares, naquele dia, é possível afirmar que eles já na acreditavam mesmo em outro resultado. Mas pretenderam, e conseguiram, deixar claras, aos edis, as responsabilidades deles.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo