Eleições 2014EstadoPartidosPolítica

ESTADO. Três partidos decidem o rumo. Um vai com Ana Amélia, outro com Vieira. PSOL oficializa Robaina

Em meio à Copa do Mundo, os partidos têm que cuidar da vida. Alguns deles, enfim, se decidiram, no Rio Grande do Sul. O PRB (que está no Governo do Estado) decidiu apoiar a candidatura de Ana Amélia Lemos, do PP – discordâncias quanto ao fechamento das alianças proporcionais teriam sido decisivas para pular do barco, ao lado da possibilidade de indicar o nome para o Senado ou, mesmo, para Vice-Governador.

O Partido Verde, que namorava com a possibilidade de fechar apoio à candidata do PP, afinal vai mesmo apoiar Vieira da Cunha, do PDT. O mesmo, aliás, que já havia feito o PSC, que tem o Pastor Everaldo como concorrente ao Palácio do Planalto.

Por fim, o PSOL. Às vésperas de confirmar Luciana Genro como seu nome para disputar a Presidência, no Rio Grande o partido vai ter Roberto Robaina candidato ao Palácio Piratini. O PSTU também compõe a chapa de esquerda-esquerda, com Júlio Flores concorrendo ao Senado.

Para saber mais de tudo isso, confira o material publicado originalmente no jornal eletrônico Sul21. A seguir, a reportagem sobre a convenção do PSOL. Lá embaixo, os linques para acessar as informações sobre PV e PRB. Acompanhe:

Gabrielli Tolotti, candidata a vice, com Luciana Genro e Roberto Robaina, que concorre ao Piratini
Gabrielli Tolotti, candidata a vice, com Luciana Genro e Roberto Robaina, que concorre ao Piratini

PSOL-RS homologa candidatura de Robaina ao governo do estado e Gabrielle Tolotti como vice

Em convenção estadual nesta quinta-feira (19), o PSOL homologou a candidatura de Roberto Robaina ao governo do Rio Grande do Sul. Gabrielle Tolotti, militante do partido e do Juntos, foi escolhida como vice na convenção que aconteceu no Plenário da Câmara de Vereadores. Já os atuais vereadores Pedro Ruas e Fernanda Melchionna irão concorrer a vagas na Assembleia Legislativa.

Gabrielle foi escolhida candidata a vice com 17 dos 31 votos do diretório estadual, em disputa com Neiva Lazzaroto, que concorreu à Câmaa em 2012, e Paulo Sérgio Silva. A Frente de Esquerda, coligação do partido com o PSTU, lançou também a candidatura de Julio Flores (PSTU) ao Senado. Os militantes Lucas Marostica (PSOL), que concorreu à Câmara em 2012, e Mateus Gordo (PSTU) irão tentar vagas de deputados federais…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SOBRE A DECISÃO DO PRB, AQUI.

A PROPÓSITO DO QUE FECHOU O PV, AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo