Política

POLÍTICA. Ministério em formação acelerada. Dilma deverá confirmar mais 12 nomes na próxima semana

Rossetto, na nomeação para o Desenvolvimento Agrário. Agora, irá à Secretaria Geral
Rossetto, na nomeação para o Desenvolvimento Agrário. Agora, irá à Secretaria Geral

Há dúvidas. Não são poucas, inclusive. A Educação é cobiçada por todos os partidos aliados. Pode ficar com Cid Gomes, atual governador do Ceará. Os Transportes, também. O PMDB deve levar e há quem diga que até pode ser o gaúcho Eliseu Padilha, indicação de Michel Temer, o vice-presidente. Cidades é outra pasta cobiçada, mas a tendência é que seja anunciado Gilberto Kassab, do PSD, como seu titular.

Há também os já certos, mas não oficializados. Aloizio Mercadante, por exemplo, seguirá na Casa Civil, assim como chegará à Secretaria Geral o gaúcho Miguel Rossetto. E existem vários outros já conhecidos, mas ainda sem anúncio formal. Parte deles será ungida por Dilma Rousseff nesta semana. Ao menos é o que informa material originalmente publicado pelo jornal O Globo, em reportagem assinada por Luiza Damé e Simone Iglesias. A foto é de Reprodução. Acompanhe:

Dilma deve anunciar pelo menos 12 ministros na próxima semana

…Na semana que vem, antes mesmo da viagem para o Rio marcada para sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff deverá anunciar um pacote com pelo menos 12 ministros de seu segundo mandato, entre eles a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) para a Agricultura. Desde a sua reeleição, foram confirmados apenas Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento), Alexandre Tombini (Banco Central) e Armando Monteiro (Desenvolvimento). Esta equipe econômica deverá tomar posse assim que for concluída a votação do projeto que libera o governo do cumprimento da meta do superávit primário (economia para pagamento dos juros da dívida pública), prevista para terça-feira, no Congresso.

Antes de tomar posse no ministério, Kátia precisará ser reempossada na presidência da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) para, então, se licenciar e passar à Esplanada. No anúncio em bloco dos nomes, que deve ocorrer entre terça e quinta-feira, estarão os atuais ministros que serão confirmados no cargo e novos ocupantes das pastas. O atual titular do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, que foi coordenador da campanha de Dilma, irá para a Secretaria Geral, substituindo Gilberto Carvalho, fiel escudeiro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está sem destino certo. Gilberto já manifestou desejo de ir para a Funai.

Entre as novidades, o governador da Bahia, Jaques Wagner, deverá ser anunciado no Ministério das Comunicações, que ganharia corpo, passando a administrar as verbas de publicidade. Wagner teria a missão de tocar a regulação econômica da mídia, defendida pela presidente na campanha…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo