Santa MariaTragédia

KISS, 2 ANOS. Duas chances para ver documentário “Janeiro 27”. Será pela internet, com apoio da UFSM

A parceria dos produtores e diretores com a UFSM vai permitir que muito mais gente possa assistir o sensível documentário “Janeiro 27”, o que, segundo quem viu, melhor se fez para mostrar o que aconteceu (sem qualquer cena chocante) naquela madrugada de verão e, sobretudo, o que veio depois.

A obra poderá ser assistida pela internet em canais com grande capacidade de receber a audiência, como você pode conferir no material a seguir, enviado pela Accorde Filmes, a que pertencem integrantes da produção. A seguir:

janeiro 27

 

Documentário “Janeiro 27” será exibido na web, na terça-feira, 27 de janeiro, em dois horários

O documentário “Janeiro 27” traz depoimentos de pais e sobreviventes da tragédia na cidade de Santa Maria, ocorrida em 27 de janeiro de 2013, na boate Kiss, que vitimou 242 jovens, ao mesmo tempo em que reflete o tema a partir da perspectiva de pais e sobreviventes de dois casos muito similares, a boate The Sation, em Rhode Island, acontecido em 2003 no EUA e a boate Cromagñón, ocorrido em 2004 em Buenos Aires, na Argentina.

Com o apoio da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM – Multiweb, na próxima terça-feira, 27 de janeiro, o documentário será exibido na Internet pelo endereço www.multiweb.ufsm.br/aovivo/canal1 em dois horários: 15h e 21h.

A iniciativa atende a um pedido da diretoria da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), por meio de seu presidente, Adherbal Ferreira, para refletir sobre a tragédia, fazendo com que um maior número de pessoas tenha acesso ao documentário.

O filme teve o argumento desenvolvido por Luiz Alberto Cassol, Paulo Nascimento e Luciano Ribas que apresentam a seguinte sinopse: “Para que nunca mais aconteça. Não ao esquecimento.”

 “Janeiro 27” foi realizado após o pedido, para Cassol e Nascimento, dos pais Adherbal Ferreira e Sergio Silva, integrantes da AVTSM. A realização do documentário é da Accorde Filmes de Porto Alegre. O ator Leonardo Machado se somou na produção do documentário.

 “O filme não aborda aspectos da investigação ou questões jurídicas. Nunca tivemos essa intenção, pois não temos conhecimento para isso. Nossa opção foi muito bem definida: queríamos ouvir, dar voz aos pais e sobreviventes, tentar entender, na medida do possível, como eles enfrentaram e enfrentam o ocorrido”, afirma Cassol. 

 “O Janeiro 27 é um grito de não ao esquecimento. Não podemos aceitar que isso se repita. É a forma que temos, a partir do nosso trabalho na área do cinema, de poder colaborar, de alguma forma, para não acontecer novamente. É algo que não podemos aceitar”, relata o cineasta Paulo Nascimento.

O documentário foi exibido pela primeira vez durante o I Congresso Internacional Novos Caminhos, em janeiro de 2014, promovido pela AVTSM. Atualmente está sendo exibido em vários festivais, mostras de cinema e sessões seguidas de debate. Em 2014, o documentário foi exibido no “42º Festival de Gramado – Cinema Brasileiro e Latino” e no “Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano, em Havana”.

Para Adherbal Ferreira, Presidente da AVTSM, as exibições “fazem com que as pessoas pensem sobre o que aconteceu e para que outros pais não sofram o que sofremos. Não queremos o esquecimento. O filme não é para lembrar a tragédia é para lembrar nossos filhos, homenagear eles, amenizar um pouco a dor.”

A exibição na próxima terça-feira tem apoio da UFSM – Multiweb e do Festival Santa Maria Vídeo e Cinema – SMVC.

Ficha Técnica Janeiro 27 – Realização Accorde Filmes

Direção: Luiz Alberto Cassol e Paulo Nascimento

Produção Executiva: Leonardo Machado, Luiz Alberto Cassol, Marilaine Castro da Costa, Paulo Nascimento

Direção de Fotografia: Alexandre Berra

Montagem e Finalização: Lucas Tergolina, Marcio Papel

Direção de Produção: Juliane Fossatti

Produção Argentina: Martin Viaggio

Argumento: Luciano Ribas, Luiz Alberto Cassol, Paulo Nascimento

Trilha Sonora Original: Felipe Vieira, Jonts Ferreira

Mixagem e Finalização de Som: Bossa

Câmeras: Alexandre Berra, Leonardo Machado

Câmeras adicionais: Josias Salvaterra – Mano, Lucas Tergolina

Cenas Aéreas: Finish Produtora

Cenas Adicionais: Christian Lüdtke, Evandro Rigon, Rafael Rigon

Som Direto: Josias Salvaterra – Mano, Renan Casarin

Desgin Gráfico: Luciano Ribas

Tradução Espanhol: Ane Siderman

Tradução Inglês: Juliane Fossatti

Produzido por Leonardo Machado, Luiz Alberto Cassol e Paulo Nascimento

Agradecimentos:

– Aline Bastos D´Ávila

– Eluza Rafo

– Guilherme Pires Caron

– Leonardo Peixoto

– Ralfe Cardoso

– Rosa Helena Wolk

– Télcio Brezolin

– Coordenação do 41º Festival de Cinema de Gramado

Agradecimentos Especiais:

– Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria – AVTSM

– Associação “Familias Por La Vida”

– Movimento Santa Maria do Luta à Luta

– Movimento Mães de Janeiro

– ONG Para Sempre Cinderelas

Realização:

– Accorde Filmes”

“Para que nunca mais aconteça. Não ao esquecimento.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo